Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Esporte’ Category

O prefeito Barbosa Neto sancionou hoje a lei nº 11.370, que concede ao Cincão Esporte Clube o direito real de uso de um terreno localizado no Conjunto Luís de Sá, na região Norte. Além do estádio de futebol, a concessão também dá direito à implantação de equipamentos públicos voltados à prática de esporte e lazer.

O vice-presidente do Cincão Esporte Clube, Luiz Carlos Pereira, considera a doação do terreno um marco histórico para a cidade. “Barbosa Neto demonstrou ter boa vontade para ajudar a comunidade e a cidade como um todo”, afirmou.

As obras de implantação devem começar no prazo máximo de um ano. Pereira explicou que o engenheiro italiano Stefano Marzocchi já foi contratado e as obras devem seguir as normas estabelecidas pelo município de Londrina e pela Federal Internacional de Futebol- Fifa. O estádio terá capacidade para até cinco mil torcedores.

A lei determina, como contrapartida ao clube de futebol, que a área possa também ser utilizada de maneira gratuita pela comunidade. O prefeito Barbosa Neto afirmou que também existirá um “espaço ali reservado para a construção de um centro de referência de assistência social, uma grande vitória para a comunidade”. O time ainda será responsável pela reforma do Centro Comunitário e utilizá-lo em parceria com a Associação de Moradores.

Anúncios

Read Full Post »

Após jejum de 16 anos, time masculino retorna à competição e deixa ares de motivação

Letícia Nascimento

 Após a classificação do time brasileiro de basquete para as próximas Olímpiadas, sediadas em Londres, praticantes e entusiastas começaram a acreditar em uma renovação no esporte.

Há 16 anos longe da competição que reúne delegações do mundo inteiro, a classificação da seleção no Pan-Americano, realizado na Argentina, pode incentivar a prática por parte de crianças e adolescentes brasileiros, o que seria interessante ao país do vôlei e do futebol. Os times de Londrina, que tem foco na base, já começaram a apresentar melhora. Seria o incentivo?

A classificação da seleção representa o início de algo que pode ser maior, segundo a estudante de Esporte, Isabel dos Reis Alda, 21, técnica do time masculino da UEL. “Mesmo assim, o esporte ainda está muito fraco no país para ir bem nas Olímpiadas. Se os jogadores que disputam a NBA, como o Nenê e o Varejão, não participarem dos jogos em Londres, vai ser difícil quem pratica se sentir motivado”. O time comandado por Isabel, é novo, formado em sua maioria por calouros e disputam a Liga Metropolitana. “Não estamos tão bem, mas estamos começando algo. Como o time foi renovado, temos que fazer todo um trabalho pra melhorar”. De acordo com a estudante, as pessoas, no geral, gostam de basquete, vão assistir aos jogos, mas quando o time é fraco e não existe continuidade no trabalho, a tendência é piorar.

 Para a estudante de esporte, Carolina Vasconcelos, de 24 anos, a classificação da seleção representa um grande incentivo a quem gosta ou desejar praticar o esporte. “O time não era favorito a se classificar e quando ganhou da Argentina nas quartas de final, foi uma surpresa, todo mundo passou a acreditar” Segundo ela pode ser que o time mude para as Olimpíadas, fique melhor, mas ao mesmo tempo, os jogadores que disputaram o Pré-Olímpico, não vão querer participar se os jogadores brasileiros que jogam na NBA resolverem ir apenas para a competição em 2016.

Futuro

Enquanto os praticantes do basquete sonham com dias melhores, as novas gerações começam a construir o futuro do esporte. O time feminino do Londrina/ Colégio Portinari/Iate Clube, venceu na semana passada as cinco partidas das finais do sub-13 paranaense, conquistando o título, assim como já havia ganho o sub-15 em julho. O time sub-17 foi classificado para o quadrangular final que vai ser disputado em novembro.

 No Paranaense adulto masculino, o time formado pela Associação Desportiva Londrinense (ADL) perdeu para Maringá por 87 a 32 na sexta-feira passada. A ADL, dona da vaga na Liga Nacional, busca patrocínios para viabilizar à volta ao cenário nacional do basquete.

Na década de 90, a Associação Londrinense de Esportes (ALE), com um time adulto de Londrina na disputa do Campeonato Nacional, reunia até 300 alunos. Hoje, mantém de 70 a 100 treinando e se aperfeiçoando em várias categorias.

Read Full Post »

Só os grandes

Times de futebol associam-se à lutadores de MMA
Por Thaís Yamanari
Neste último sábado, o Ultimate Fighting Championship veio para o Brasil e o combate 134 foi substituído por UFC RIO. No octógono, os brasileiros brilharam e deram ao público o espetáculo que prometeram. Curiosamente, algumas diferenças foram observadas. Só aqui a torcida canta e vibra como num estádio de futebol.
Além disso, o esporte bretão esteve associado a alguns lutadores neste dia. Anderson Silva, do card principal, derrotou o japonês Yushin Okami com a camisa do Corinthians. Desde 2006 invicto, o brasileiro praticamente humilhou o adversário no segundo round e diversos comentaristas não conseguem identificar um oponente à altura. Há discussões sobre a categoria e Silva já disse em coletiva que para derrotá-lo, apenas o seu clone.
Já o curitibano Maurício Shogun, dias antes, foi procurado pelo Coritiba e o Palmeiras, mas preferiu lutar sem nenhum desses apoios. “Eu sou um profissional, recebi a proposta e não considerei justa. Para assinar com um clube de futebol, teria que ser algo bem pensado”, explica Shogun. Pior para os clubes, pois a luta foi uma das mais comentadas da noite e Shogun venceu por nocaute (leia-se marteladas) o norte-americano Forrest Griffin.

Read Full Post »

Após a classificação do Londrina para a Primeira Divisão do Paranaense, o técnico Cláudio Tencatti afirmou, em entrevista ao JL, que as prioridades agora são a Série D e a Copa do Brasil, competições nacionais, organizadas pela CBF. Tencatti contou que desde a primeira rodada já acreditou no potencial do time, mas se preocupou com o estilo de jogo, mais cadenciado, característico da Primeira Divisão.

Segundo Tencatti, o momento de maior insegurança do campeonato foi no último jogo contra o Foz de Iguaçu, quando o título escapou no último momento. O Londrina ganhava de 3 a 1 até os 44 minutos do segundo tempo, quando aconteceu o segundo gol, e acabou sofrendo o empate aos 48 minutos.

O treinador acredita que o momento é de planejamento, e que alguns jogadores serão emprestados nos próximos meses, mas o goleiro Danilo e o artilheiro Warlley permanecem, e a príncípio, a defesa também.

 

Com informações do Jornal de Londrina.

Read Full Post »

Gaviões da Fiel divulga ficha de filiação do atacante Kleber 

Por Thaís Yamanari 

A polêmica começou na tarde de ontem quando durante uma “varredura” de seus arquivos, a maior torcida organizada do Corinthians, a Gaviões da Fiel, divulgou no twitter a ficha de inscrição do atual atacante do Palmeiras, Kleber.

O jogador foi procurado por meio de seu empresário, mas não quis comentar o assunto. De acordo com o Globoesporte.com, a ficha de cadastro é verdadeira e a Gaviões garante que não houve nenhum pedido de desligamento, portanto, ele ainda é sócio. Na época, o jogador tinha 18 anos e já jogava nas categorias de base do São Paulo.

Embora tenha vestido camisetas tricolor e alviverde, parece que o Gladiador é corintiano. Ele assinou ciente dos dizeres em novembro de 2001 “declaro que uma vez admitido como sócio serei responsável por todos os meus atos quando estiver usando a camisa dos Gaviões da Fiel dentro do Grêmio ou nos estádios”.

O time de camisa, Palmeiras e o time de coração, Corinthians, vão se enfrentar no próximo domingo, a partir das 16h, no interior de São Paulo, em Presidente Prudente, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Em meio à polêmica, a Gaviões fez uma enquete em seu site oficial: Kleber deve ou não continuar associado? Até as 15h de hoje a maioria, com 52,82% dos votos, quer que ele saia da Gaviões.  E você?

Para votar, acesse o site da Gaviões

Mais informações no site globoesporte.com e gaviões.com.br

Read Full Post »

Fim de semana movimentado no esporte aqui em Londrina. No domingo acontecerá a I Maratona de Londrina, com largada às 6h30, do Shopping Catuaí. Além da corrida tem futebol. O Tubarão recebe o Toledo para o segundo jogo da decisão do Campeonato Paranaense da Segunda Divisão, no Estádio do Café.

Confira as informações sobre o esporte do fim de semana no podcast da Marcia Boroski.

http://www.4shared.com/embed/750901615/a2b4c6c

Read Full Post »

Comunicado da Associação Atlética da UEL informou que, depois de oito anos consecutivos de bons resultados, está impossibilitada de participar em 2011

Por Fernanda Cavassana

A Associação Atlética da Universidade Estadual de Londrina (AAUEL) lançou comunicado nesta segunda-feira (08/08), informando que a UEL não participará dos Jogos Universitários do Paraná (JUP’S), competição organizada pela Federação Paranaense de Desporto Universitário (FPDU) e que será realizada, em 2011, de 3 a 10 de setembro, em Curitiba.

Entre os motivos listados pela AAUEL estão o prazo para ir atrás da documentação, o descumprimento de prazos legais para licitação de transporte e convênio médico; além da definição da cidade sede da competição apenas 66 dias antes dos Jogos.

Ainda segundo o comunicado do site, a FPDU lançou, a apenas 17 dias para confirmar participação na competição, nota informando que os custos com alojamento e alimentação também seriam responsabilidade da Instituição de Ensino Superior (IES).

Segundo Ernesto Paese Júnior, diretor da FPDU, até 2004 os gastos com a participação nos JUP’S eram todos custeados pela IES que competisse. De 2004 até o ano passado, houve uma parceria com o Governo do Estado e as prefeituras parceiras dos jogos os custos com a arbitragem, a alimentação e o alojamento foram cobertos. A partir de então, as IES teriam o gasto somente com a taxa anual da federação e uma taxa de 10% do valor do salário mínimo, ou seja, R$ 54,50, por atleta inscrito na competição.

Este ano, as parcerias não ocorreram. “O que conseguimos de parceria foi a arbitragem, não conseguimos disponibilizar a alimentação e o alojamento. O alojamento a gente até consegue de graça aqui, mas não a alimentação”, informou Ernesto Paese Júnior. “Essa taxa de 10% e a anuidade servem para manter a federação pelo ano todo, já que só promovemos uma edição dos jogos universitários por ano. A anuidade também é para isso. Os 10% (do valor do salário mínimo) pago por atleta são para custear os jogos, a parte de administração e da parte das pessoas que trabalham para a federação durante os jogos”.

Cidade sede

A cidade de Curitiba foi escolhida porque “nenhum outro município se manifestou com o interesse de fazer os jogos”, informou o diretor da FPDU. Segundo matéria publicada no site do jornal Hora Popular no início do ano passado (11/02/2010), o ex-secretário municipal de esportes da cidade de Francisco Beltrão mostrava interesse em sediar os jogos.

Questionado sobre isso, Paese Júnior afirmou que houve a manifestação desse interesse, mas não passou disso. “Eles se manifestaram por telefone, só que não foi oficializado, porque também quando ficou sabendo que a Paraná (Paraná Esportes) não iria dar mais a alimentação, ninguém quer fazer”, afirmou. O atual secretário de esporte de Francisco Beltrão, Otávio Muniz, confirmou ao Londripost que só houve uma conversa informal e que a cidade optou por não entrar na disputa para sediar os JUP’S este ano, mas que a proposta talvez ocorra ano que vem.

JUP’S 2012

O diretor da FPDU ainda informou a pretensão de que, em 2012, os JUP’S sejam custeados por meio de verba da lei do incentivo fiscal ao esporte. “Será um projeto junto com o Ministério do Esporte, em que pessoas físicas e jurídicas poderão realizar doações em dinheiro e abater no Imposto de Renda”, afirmou. Segundo Paese Júnior, possivelmente a proposta para o ano que vem poderá custear, além do estadual, a ida dos atletas paranaenses ao campeonato brasileiro.

No site da AAUEL, há o histórico da UEL nos JUP’S. No ano passado, a UEL foi vice-campeã da competição e a maior delegação em número de atletas participantes.

Read Full Post »

Older Posts »