Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Recomendamos’ Category

No próximo dia 27 a mulher que consagrou a marca Havaianas vem a Londrina

Por Thaís Yamanari

A palestra é uma realização do Instituto Atsushi e Kimiko Yoshii e Unifil; com co-realização da Universidade Estadual de Londrina, Faculdade Pitágoras e PUC – Campus Londrina; Patrocínio: Sicoob e Sercomtel; Apoio: A. Yoshii Engenharia, Bravo Propaganda, Londrina Convention & Visitors Bureau, Blue Tree Premium, Colégio Londrinense, Banco Santander, Ric TV, Rádio Mix FM, Rádio CBN, Rádio Paiquerê AM, Rádio Massa FM e Colégio Marista.

Preço:

Inteira: R$34,00

Estudante ou Idoso: R$17,00

Assistir pela Internet: R$15,00

Doação = acima de R$35,00

Read Full Post »

Com ou sem vício de compras, o dinheiro nunca parece ser suficiente, ganhamos pouco ou gastamos muito?

Por Thaís Yamanari

Nem todo mundo termina o mês com dinheiro sobrando para investir ou esbanjar. Embora uns tenham uma remuneração um pouco melhor, isso pode acontecer independente do salário, afinal, o costume de muitos é gastar tudo e parcelar o próximo. Para auxiliar os “shopaholics” (viciados em compras) ou você que não tem o vício, mas não te sobra nada, nesta sexta-feira, dia 12 de agosto, entre as 10 e 15h no Calçadão de Londrina (próximo à Rua Rio de Janeiro), é hora de entender seu orçamento doméstico.

Professores e alunos do curso de Economia da UEL estão realizando uma campanha informativa com base na educação financeira das pessoas. O projeto se chama “EnTENDA de Economia” e a intenção é essa mesmo, fazer com que as pessoas entendam e controlem os gastos. O professor e chefe do Departamento de Economia e conselheiro do Conselho Regional de Economia do Paraná (CORECON/PR), Antônio Eduardo Nogueira, explica que o foco é o consumo consciente.

E se para você o projeto chegou um pouco tarde, vale a pena conferir as dicas de empréstimos e financiamentos, afinal, ou você acaba com as contas, ou elas acabam com você.

Para os horários de compras, substitua por filmes como “Os delírios de consumo de Becky Bloom” e descubra a diversão sem dinheiro ou cartão.

Serviço: “EnTENDA de Economia” Dia: sexta-feira, 12 de agosto Horário: 10 às 15 horas Local: Calçadão, próximo à rua Rio de Janeiro

Informações Agência UEL de Notícias

Read Full Post »

Recomendamos hoje um evento importante para a cidade, para as pessoas envolvidas com a Cultura e a Comunicação em Londrina, bem como estudantes que se interessem pelo tema:

A Vila Cultural Alma Brasil realizará no dia 04 de dezembro o evento “Comunicação e Políticas Culturais”, com entrada franca. O evento contará com uma mesa-redonda às 9h que discutirá temas acerca das políticas culturais e sua relação com a comunicação, tanto no cenário local, como no nacional. Em seguida, às 14h, será realizada uma plenária para eleger o Conselheiro de Mídia do Conselho Municipal de Cultura de Londrina.

A mesa-redonda contará com a participação de Kennedy Piau que falará sobre os conceitos de Comunicação e Política Cultural e abordará algumas possíveis tarefas da área de comunicação nas políticas públicas de Londrina. Participará da mesa-redonda também Valdir Grandini, o Dentinho, que falará sobre o tema “Comunicação e Redes de Ação Popular”. Juliana Franco, do Núcleo de Comunicação Popular e Comunitária da Alma Brasil mediará a mesa-redonda e, posteriormente, abrirá a mesa para debate.

O evento é aberto a todos e os organizadores convidam a sociedade a participar e discutir o assunto.

Serviço

Núcleo de Comunicação Popular e Comunitária – AlmA Brasil

Endereço: Rua Mar del Plata, 93 – Vila Rodrigues

Telefone para contato: (43) 3326-2672

Read Full Post »

por Lígia Zampar

Terça-feira é dia de Recomendamos, e de terça-feira, quinzenalmente, é dia de Terça Tilt.

Tilt é uma balada do bar Valentino, que é para todos os gostos e pessoas. Segundo Desirée Molina, que discoteca no bar, a tilt é pra dançar até os pés gritarem por socorro. É um lugar que você pode ir de tênis ou de salto e ninguém acha estranho. 

Nesta terça-feira, os djs Nelo, Katy K e Desirée vão ser os responsáveis pelo som da noite. è bom aproveitar porque a próxima é só daqui 14 dias!

Read Full Post »

por Leonardo Caruso

O recomendamos de hoje é destinado às pessoas que desejam perder uns quilinhos, principalmente aquela pochete indisfarçável na região abdominal. De passo em passo ganhamos o que chamamos de corpo sarado ou, no caso do alvo ser uma mulher, “gostosa”!

Este slideshow necessita de JavaScript.

O(s) Lago(s) Igapó, que se localizam entre as ruas Prefeito Faria Lima, Bento Munhoz da Rocha Neto, Higienópolis e Prof. Joaquim de Matos Barreto é um lugar excelente para se praticar atividades físicas, manter a saúde em dia, encontrar conhecidos e fazer novas amizades. As ruas do Lago foram adaptadas para permitir que corredores e ciclistas pudessem aproveitar as horas vagas e praticar um esporte em segurança.

Mas não só para os esportistas é que a prefeitura de Londrina rearranjou as ruas da região. Com uma área destinada aos idosos e com vários aparelhos de efeito fisioterápicos, o Lago Igapó é um lugar para os mais velhos e toda a família. É muito comum no fim da tarde encontrarmos pais caminhando com seus filhos. Sempre movimentadas, as barracas de caldo-de-cana e coco verde são opção para quem está na região.

O percurso total é de aproximadamente 4km e possui ciclovia larga e marcação de quilometragem nos asfalto. Em alguns pontos há lixeiras e bebedouros.

Um dos pontos fortes do Lago é a vista, que no fim de tarde e ao amanhecer é simplesmente maravilhosa.

Portanto, se você está querendo cuidar do corpo, encontrar ou fazer amizades, virar um atleta ou simplesmente fazer um picnic, o Lago Igapó é o lugar ideal.

Read Full Post »

Doação de Sangue

A unidade móvel do Hemocentro está hoje no campus da UEL. Próximo ao SEBEC. Para ser doador de sangue você precisa:

– Apresentar um documento oficial com foto;

– Estar em boas condições de saúde, não ser portador de sífilis, hepatite B e C, chagas, AIDS e HTL;

– Ter entre 18 e 65 aos e peso igual ou superior a 50 kg;

– Não estar em jejum, aguardar 2 horas após o almoço;

– Evitar bebidas alcoólicas 12 horas antes da doação;

– Não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis;

– Aguardar 12 meses, se recebeu transfusão de sangue ou fez tatuagem;

– Aguardar pelo menos 6 meses, se submetido à cirurgia de grande porte.

Lembramos que é uma pequena ação, mas importante e que pode ajudar a salvar a vida de alguém. O Hemocentro do HU e o SEBEC da UEL realizam coletas de sangue quinzenalmente no campus da UEL.

Quem visitar a unidade móvel pode aproveitar para se cadastrar como doador de medula óssea. Isso vale para quem tem entre 18 e 55 anos e apresenta boas condições de saúde.

Read Full Post »

Há muito tempo quero recomendar o blog de um amigo meu que faz jornalismo em Brasília e agora achei a ocasião perfeita. O blog não é feito só pelo meu amigo, Edemilson – ou Paraná, como foi apelidado na capital – outras pessoas contribuem para o crescimento intelectual e democrático do blog Brasil e Desenvolvimento. Discutindo sempre sobre política os estudantes João Telésforo, Gustavo Capela, Laila Galvão, Raul Pietricovsky, Mayra Cotta, Danniel Gobbi, Rodrigo Santaella, Gabriel Elias, Saionara Reis e Ana Rodrigues colocam suas visões sobre os acontecimentos da capital e do país.

Coloco aqui o post do dia 3 de novembro: Vote. Porque.

Votar.

O voto e a disputa eleitoral são, sem sombra de dúvidas, momentos de extrema importância para o combate social de ideologias. Assim, é importante lembrar o que elas significam, quem elas representam e que sociedade elas buscam atingir com seus discursos e práticas.

A esfera política brasileira, sabemos, tem o costume de não enfrentar diversos problemas sociais que dificultam o acesso amplo e irrestrito à atuação e efetivação dos ideais democráticos. O não enfrentamento, o medo de atacar questões centrais à pluralização do espaço público, está diretamente vinculado ao senso comum construído por uma ideologia dominante que abomina o confronto e a crítica aos interesses da elite econômica e política do pais. Somos o país dos falsos-consensos, da naturalização das desigualdades sociais.

Os vídeos da campanha escancaram o preconceito sistemático que negros, homossexuais, mulheres, índios, pessoas de baixa renda e nordestinos sofrem e que impedem a criação de um ambiente efetivamente democrático, efetivamente aberto e efetivamente inclusivo. Conservar o status quo é, necessariamente, conservar essa perspectiva. É conservar os mecanismos que rebaixam, diminuem e excluem com frequência a diversidade na decisão coletiva.

Para mudarmos esse cenário, precisamos, então, refundar o senso comum,  entendendo sua vocação emancipatória para sempre apontar novas perspectivas e novas experiências democráticas. Combater o senso comum é combater discursos que impedem a abertura de espaços como o da família, do mercado, do acesso à moradia, à educação, à comunicação, ao transporte e todos os outros aspectos da vida individual e coletiva que aumentam a participação política.

A campanha #votoserrapq atacou de forma irônica os discursos conservadores que integram o senso comum pouco enfrentado para que não esqueçamos de nossa missão, como sociedade, de enfrentar problemas que são centrais para a pluralização constante.

Para tanto, torna-se indispensável ressignificar o sentido da palavra “votar”. Votar não é, nem pode ser, somente clicar botões em uma urna eletrônica. Tampouco pode ser a participação em processos eleitorais de quatro em quatro anos. “Votar” é escolher. É escolher projetos, é escolher formas de atuação, é escolher disputas. É, acima de tudo, escolher lados, escolher, diariamente, um projeto coletivo.

Assim, agradecemos, encarecidamente, todos que se incluíram no #votoserrapq, seja enviando sugestões, seja fazendo seus próprios vídeos. É o aspecto coletivo de qualquer atividade que a engrandece e, nesse caso, não é diferente. Sem a adesão maciça, o apoio incontestável, e as críticas construtivas, a campanha não seria a mesma.

Portanto, apesar de as urnas terem fechado, os votos terem sido contabilizados, nosso trabalho apenas começou.

Cabe a nós, agora, a luta. Cabe a nós, a inquietação. Cabe a nós exigir, através de disputas permanentes e persistentes, que nossos ideais se tornem realidade.

Abaixo o último vídeo de nossa campanha, agora intitulada “Voto.Porque.”

#votopq

www.brasiledesenvolvimento.wordpress.com

@bras_e_des

Read Full Post »

Older Posts »