Feeds:
Artigos
Comentários

Simulação premia vencedores

Por Thaís Yamanari

Após oito semanas de simulação empresarial, os alunos da ISAE-Londrina puderam colocar em prática o conteúdo do curso de Pós Graduação em Administração.
A equipe formada pelos alunos Gustavo Baba, Marina Viotto, Bárbara Vasconcelos, Leandro Chiarotti e Gabriela Souza, foi orientada pelo professor Ricardo Prochet e venceu o jogo de negócios da Fundação Getúlio Vargas. Os londrinenses superaram cerca de 250 equipes de todo o Brasil.
De acordo com a equipe, a confecção de um plano estratégico sólido onde todos os participantes estavam envolvidos e o fato de terem estabelecido controles efetivos para garantir o alcance das metas foram determinantes para a vitória.
Os integrantes trabalharam com seriedade, foco nos negócios e se reuniram para todas as decisões. “Nosso time foi eficaz porque distribuímos os cargos de acordo com a experiência de cada membro”, explica a integrante Bárbara Vasconcelos, escolhida pelo grupo para presidir a empresa.
O time pontuou o máximo possível em oito das nove simulações e garantiu a vitória. Eles explicam que para atingirem os objetivos, tinham sempre em mente os conceitos apresentados pelo professor orientador:
Objetivo, saber ouvir, participação, consenso e principalmente a auto- Avaliação. “Eles começaram o jogo pensando como empresários e por isso tenho certeza de que hoje saem daqui como profissionais maduros. Alguns de meus clientes de consultoria já estão sondando os alunos para fazer propostas de trabalho aos participantes, afinal, eles concorreram com equipes de todo o Brasil e foram os campeões. O mundo competitivo de hoje exige das empresas a constante busca por talentos e a FGV se destaca como berço desses. Mais de um empresário importante da cidade já me solicitou participar da banca de apresentação do TCC desses campeões para observá-los. Orientar esses profissionais foi para mim motivo de orgulho que jamais esquecerei!”, declara Prochet.
Clique na foto para ampliarProfessor Ricardo Prochet com a equipe: Leandro, Gustavo, Marina, Bárbara e Gabriela
Anúncios

Por Daniela Brisola

A Câmara aprovou ontem, com 11 votos a favor e 5 abstenções, o relatório da CEI da Saúde, que responsabiliza o prefeito Barbosa Neto (PDT) pelas irregularidades e pede a abertura de um processo de cassação contra ele (Comissão Processante). Três vereadores faltaram à sessão dessa terça-feira: Tito Valle (PMDB) e Jairo Tamura (PSB), viajaram para um seminário na Bahia. Eles embarcaram ontem, mas o evento começa nesta quarta-feira. Renato Lemes (PP) faltou devido a problemas de saúde.

Durante 90 dias, a Comissão composta por Lenir de Assis (PT), Sandra Graça (PP) e José Roque Neto (PR) investigaram o desvio de verba pública apontado pela investigação feito pelo Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Votaram a favor: Eloir Valença (PHS), Joel Garcia, Marcelo Belinati e Sandra Graça, todos do PP, Gerson Araújo, Márcio Almeida e Roberto Kanashiro, do PSDB e Jacks Dias e Lenir de Assis, ambos do PT. E Ivo de Bassi e Rony Alves do PTB. Se abstiveram Roberto Fu e Sebastião da Silva, do PDT, além de Rodrigo Gouvêa e Roberto Fortini, do PTC e José Roque Neto (PR).

A secretária municipal da Educação, Karin Sabec, foi denunciada pelo Ministério Público (MP) por improbidade administrativa,no começo da semana. Ela terá que responder sobre a compra de 13,5 mil livros da obra “Vivenciando a Cultura Afro-Brasileira e Indígena” como única responsável. É o que diz a Promotoria do Patrimônio Público, na ação proposta na última segunda-feira. A secretária foi apontada como responsável pela compra dos livros sem licitação e sem qualquer embasamento pedagógico, de acordo com a denúncia.

Os livros, distribuídos nas escolas públicas de Londrina, foram considerados racistas pelo movimento negro e por especialistas consultados pelo MP e já haviam sido recolhidos pela secretaria a pedido do próprio MP. Parte deles foi danificada por conta do excesso de chuvas que caiu em Londrina no começo do mês.

Agora, o pedido é de que Karin Sabec seja condenada por improbidade administrativa e a devolver os R$ 621mil utilizados na compra dos livros. A denúncia considera a escolha absolutamente arbitrária, já que faltou a avaliação dos livros pela equipe pedagógica.

Duas das principais empresas de telefonia do Brasil vão se unificar no próximo ano. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (24) pelo diretor-geral da Telefônica e da Vivo Paulo Cesar Teixeira durante o lançamento do serviço de telefonia fixa da Vivo e do Vivo Box, que é a união de telefonia fixa e internet. A previsão é para o início de 2012 e a Vivo deve prevalecer na unificação, inclusive no nome.

 Não há uma data específica ainda, mas as empresas já veem trabalhando para que a integração traga também uma nova experiência, como afirmou o presidente da Telefônica Brasil Antonio Carlos Valente. Segundo Valente, o Brasil possui a maior base de clientes do grupo, em torno de 83 milhões, ante 300 milhões de clientes em todo o mundo.

 

Fontes: Site da revista Exame e Bonde.com.br

Por Daniela Brisola

O prefeito Barbosa Neto (PDT), através de seu advogado João Gomes, está tentando o cancelamento da Comissão Especial de Inquérito (CEI) que apurou as irregularidades na área da saúde em Londrina.

O pedido foi protocolado segunda-feira (24) na Câmara Municipal de Londrina pelo advogado do prefeito.  A intenção é que a CEI não seja votada hoje na sessão da Câmara. O relatório final da investigação foi entregue na última semana e pede a abertura de uma Comissão Processante (CP) contra o prefeito. A Mesa da Câmara rejeitou o pedido, mas o Gomes Filho já adiantou que vai à Justiça para tentar anular a votação de ontem.

A CEI identificou diversas irregularidades envolvendo nos contratos com os Institutos Gálatas e Atlântico. Parte dos dados foi obtida após investigações do Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) que em maio deflagrou a Operação Antissepsia. Até agora, mais de 20 pessoas foram presas por desvio de dinheiro público. O suposto esquema de desvios de verbas teria a participação do prefeito e sua esposa, Ana Laura Lino, conforme as apurações do Ministério Público e da CEI da Saúde.

Com quase 80% dos votos apurados, Kirchner vence no primeiro turno

Neste domingo, os Argentinos foram às urnas e reelegeram com mais de 50% dos votos a atual presidente, Cristina Kirchner, já no primeiro turno. Ao se pronunciar sobre a vitória, a presidente declarou que deve agradecer ao ex-presidente e falecido marido, Nestor Kirchner (2003-2007), o fundador de sua vitória. Cristina disse que neste momento, não se refere a ele como marido, mas como político e que não tem ambições próprias, mas quer governar o País por amor aos argentinos.

Em segundo lugar, estava o socialista Hermes Binner, com 17% dos votos. Em terceiro, Ricardo Alfonsín, filho do ex-presidente Raúl Alfonsín (1983-89), candidato da União Cívica Radical (UCR), com 12%. Em quarto lugar, com 7,5% o peronista dissidente Alberto Rodríguez Saá, que prometeu internet Wi-Fi grátis em toda a Argentina, E, em quinto lugar, o ex-presidente Eduardo Duhalde (2002-2003), candidato de outra facção dissidente do peronismo, com 5,7%.

O resultado não diferiu das pesquisas de boca de urna. Embora Cristina tenha se envolvido em escândalos no seu governo e haja suspeitas de enriquecimento ilícito dos Kirchner que nos últimos 8 anos tiveram um aumento de 930% em sua fortuna pessoal, as intenções de voto não foram abaladas.

Por Marcia Boroski

O cursinho pré-vestibular da UEL está com as inscrições abertas até o dia 18 de novembro. Mais informações no podcast abaixo.

http://www.4shared.com/audio/OqQmOCw9/BOLETIM_LONDRIPOST-cursinho.html