Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘acidentes’

Por Fernanda Cavassana

Todo ano, a mesma coisa: chega a quarta-feira de cinzas e são divulgados os balanços policiais, de acidentes nas estradas, de mortes.
Em 2009, no Carnaval, 13 pessoas morreram vítimas de acidentes nas rodovias estaduais. Este ano, foram registradas 15 mortes. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), os dados são referentes aos cinco dias do feriadão, das 18h de sexta-feira (12) até a meia-noite de terça (16).
Apesar de trágicos, os números ainda são menores do que os de 2009 em relação ao número total de acidentes nas estradas. Até ontem, ocorreram 151 acidentes em todo o Paraná, enquanto em 2009, o número registrado foi de 264 até a quarta de cinzas.
O mais trágico ocorreu na madrugada de segunda-feira (15), na PR-090, em Nova Santa Bárbara, 73km de Londrina. Nele, cinco pessoas da mesma família morreram e outras cinco pessoas ficaram feridas, uma, inclusive, gravemente. Entre os mortos, duas crianças: uma com 12 anos e a outra com apenas um ano de idade.

Segundo a PRE, no acidente que ocorreu na altura do km 306, dois veículos de passeio (um Chevette e um Gol) colidiram com uma camionete, por volta das 4h30.

Antes fossem só compostas por festas, fantasias e blocos, as manchetes pós-carnaval. Mas é sempre a mesma coisa. Imprudência, abuso e bebidas marcando o feriadão mais feliz dos brasileiros com tragédias e mortes. Quem sabe um dia isso mude, quem sabe.

*com informações do Portal Bonde

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

Festas de fim de ano.

Rever família, comer guloseimas, beber com os amigos, morrer nas estradas. Infelizmente, esta última parte é verdade.

Por isso, tome cuidado, guie devagar, preste atenção, respeite as leis e, claro, se beber, não dirija.

Para reforçar, veja uma campanha de trânsito chupinhada do blog Chongas.

"Não faça parte desta cruz"

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

Na última segunda-feira (23), a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) passou a utilizar radares móveis para identificar quem ultrapassasse o limite de velocidade em diversos pontos da cidade.

Polêmica

O vereador Joel Garcia (PDT) fez um requerimento no qual ele cobra um recurso especial anulando a validade das multas aplicadas por meio desse sistema em Londrina. Este recurso especial proposto pelo Ministério Público questiona a aplicação de multas por sociedades de economia mista.

Segundo Garcia, as medidas para melhorar o trânsito devem começar na educação básica. O vereador ainda complementa que a utilizaçãos dos radares móveis agravaria a suituação ilegal da “indústria da multa“.

E você? Acha que os radares móveis farão bem para a cidade?

 

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

Apesar da notícia ser sobre o Terminal Central, o assunto da vez não são os ambulantes que se recusam a sair do local. O tema agora é o perigo que os próprios ônibus oferecem à grande quantidade de pedestres que circulam pelo local.

Acompanhe a matéria veiculada ontem (16/09) no telejornal Paraná TV, da RPC, e veja como a pressa e a falta de atenção sãos as principais causas de acidentes que podem se transformar em tragédias.

E você? O que acha? Os principais culpados sobre acidentes no Terminal são os próprios pedestres ou os motoristas dos ônibus?

Read Full Post »

Nova campanha da Prefeitura de Londrina conscientiza sobre a importância das faixas de pedestres. fonte: http://2.bp.blogspot.com/

Nova campanha da Prefeitura de Londrina conscientiza sobre a importância das faixas de pedestres. fonte: http://2.bp.blogspot.com/


por Lígia Zampar

A Prefeitura de Londrina começou no dia 10 de setembro de 2009 uma campanha para educar os motoristas a respeitarem as faixas de pedestres. “Pé Na Faixa – Atitude é o primeiro passo” será lançada oficialmente na próxima sexta-feira, dia 18 de setembro, e terá duração permanente, e não só na Semana Nacional do Trânsito como outras campanhas.
“Nossa proposta é instituir em Londrina um trânsito humanizado, a exemplo do que já ocorre em Brasília, Maringá e outras cidades que fizeram esta opção. A idéia é educar os motoristas a acostumá-los a respeitar o pedestre”, foram as palavras do prefeito londrinense Barbosa Neto (o verdadeiro, e não o dono do twitter!).
O Estado do Paraná está em terceiro lugar no rank nacional dos estados brasileiros que mais tem mortes por acidentes no trânsito, sejam nas estradas ou vias urbanas. A maioria das mortes poderia ser evitada caso houvesse prudência de alguma (ou das duas) das partes envolvidas.
A falta da educação dos condutores na cidade pode ser percebida quando tentamos atravessar a rua em qualquer parte da cidade, mas principalmente na região central. Pode-se estar na faixa, ser cadeirante ou idosos, os carros não param! (Falamos que os carros não param para não falar que os motoristas são tão estúpidos que não devem saber a localização do freio.)
Ainda não começamos a falar que nessa, e em outras cidades do nosso Brasil afora, a seta (aquela luzinha que pisca indicando a direção que o carro vai virar) é um acessório de luxo.
Mais do que uma campanha de conscientização no trânsito, é necessário que as aulas teóricas e práticas para os novos motoristas sejam dadas de uma maneira correta, abordando esses problemas enfrentados pela cidade e aproveitando melhor o aumento das aulas/horas no curso de formação de condutores.
Depois de duas senhoras morrerem atropeladas só essa semana, até que a campanha parece que tem um sentido, não é mesmo? Pena que seja tarde para algumas pessoas.

Alguns dados não muito felizes: De 1° de janeiro até o dia 28 de agosto, foram registrados em Londrina, segundo levantamento da CMTU, 3.712 acidentes de trânsito, com 1.815 feridos e 38 mortes.

Read Full Post »