Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘cachorros’

por Vitor Oshiro

O Blog Quer um Bicho? convidou uma veterinária para explicar os cuidados que devem ser tomados com um filhote recém-nascido orfão ou que foi abandonado. As dicas abaixo são da veterinária Thaís Andressa H. Arrebola.

A primeira coisa a fazer é abrir a boquinha do filhote e olhar o “céu da boca” dele, para ver se ele não tem o pálato fendido (uma má-formação genética que faz com que haja ligação com o “caminho” que vai pro estômago e pro pulmão… aí o filhote tem pneumonia por aspiração das coisas que ele toma e morre.). Se tiver vai precisar de uma super manutenção, cuidados e depois que crescer um pouco, é necessário ver se há a possibilidade de fazer cirurgia pra reparar isso. Ou então, eutanasiar pra aliviar a dor do bichinho.

O leite não pode ser de vaca, porque pode provocar diarréia.

Você sabe se ele mamou ou conseguiu fazer ele mamar pelo menos um pouco na mamãe? Se não conseguiu, tem como tentar de novo? É muito importante que ele adquira essa imunidade. Isso vai ajudar a protegê-lo contra doenças infecciosas como a parvovirose ou cinomose e ele tem somente umas 30 horas até parar de absorver essa imunidade através do leite materno.

(mais…)

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

A tragédia no Haiti foi terrível. Todos falaram das mortes, da destruição, da perda da Zilda Arns. Porém, pouco – ou nada – se fala sobre os animais da região. Confira alguns boletins chupinhados do Blog Quer um Bicho que mostra exatamente isso.

“Reação a Devastação:

13 de janeiro de 2010


Nossos corações estão com o povo do Haiti, para o trauma e perda que eles já experimentaram uma vez que o terremoto atingiu. Agências de notícias de que milhares morreram, muitos ainda estão presos nos escombros de edifícios, e centenas de milhares de pessoas estão sem abrigo, cuidados médicos, ou outras necessidades da vida. Governos e agências humanitárias estão implantando a lidar com o que equivale a um dos piores desastres dos tempos modernos, com o seu impacto agravado pela pobreza crônica, infra-estrutura deficiente, bare-ossos cuidados médicos, e outros problemas que afligem a nação mais pobre do oeste hemisfério.

Quando as pessoas sofrem desta maneira terrível, assim que os animais. HSI, The Humane Society dos Estados Unidos, e da Humane Society Veterinary Medical Association estão trabalhando em uma análise preliminar dos animais do Haiti das necessidades de cuidados, tendo em conta a segurança, transporte, habitação, abastecimento e os desafios que enfrentaria na implantação. Felizmente, uma das nossas equipas veterinário tinha vindo a realizar um programa em uma escola de veterinária na vizinha República Dominicana, quando o terremoto. Nós estamos olhando para determinar se eles podem entrar no Haiti para realizar uma avaliação no terreno. Estamos também a comunicação com agências de ajuda humana, e olhando para cooperar com eles. Uma dificuldade é que não há grupos organizados de bem-estar animal em qualquer lugar do país, e não em abrigos de animais ou escolas veterinárias. Essa falta de infra-estrutura vai complicar qualquer resposta.

(mais…)

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

O problema dos cães abandonados em Londrina não é recente. E com ele aparecem também as promessas eleitorais da criação de um Centro de Controle de Zoonoses.

Enquanto o local não é construído, algumas pessoas e entidades da cidade se viram como podem para amenizar o problema. A aposta mais recente foi da ONG SOS Vida Animal que lançou um calendário com as fotos dos cães resgatados.

cachorrando.blogspot.com

As imagens do calendário intitulado “Vira-Latas de Raça” foram feitas pelo fotógrafo Bernardo Sardi e pelo conhecido Caximbo. O prefácio foi escrito pelo jornalista Paulo Briguet.

O calendário pode ser encontrado no Atelier Bianca Pozzi (Rua Santos, 905 – fone: 43 3347 4157) e pela Internet (confira aqui como adquirir). O preço é R$10 e a verba arrecadada será revertida para a ONG pagar os cuidados veterinários, remédios, castração e alimentação dos quase 200 animais que são retirados das ruas.

Com informações do Quer um Bicho e do Cachorrando.

cachorrando.blogspot.com/

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

Peregrinando pelos blogs londrinenses, vi no Ideia Certa que uma cachorrinha foi encontrada na Warta. Um cachorro abandonado é algo normal, mas, o que espantou é que ela teve as patas traseiras cerradas e só conseguiu sobreviver porque foi socorrida pelo GAP-PR.

A cachorrinha só não morreu porque foi resgatada pelo GAP/PR

A cachorrinha só não morreu porque foi resgatada pelo GAP/PR

Esta história poderia ter me chocado bastante. Mas, há algum tempo fiz uma reportagem sobre os cães abandonados de Londrina e entrevistei Dona Lígia, uma das pioneiras da ONG SOS Vida Animal e que, em mais de 19 nos e busca de ajudar os animais, já viu coisas inacreditáveis e bastante fortes em relação aos maus tratos.

Quando a rua não é a pior moradia

Mesmo sabendo de todas as dificuldades e sujeição a maus tratos que os cachorros abandonados passam, há casos em que estar na rua não é o pior destino. Esses são os relatos de Dona Lígia, que afirma já ter material suficiente para escrever um livro.

Um caso que a marcou bastante foi de uma denúncia de que uma cachorra havia sido espancada e abandonada. Ao chegar ao local, Dona Lígia se deparou com algo inacreditável. “A cachorra estava viva e, graças a Deus, sobreviveu. Mas, descobrimos que o dono estuprou a cachorra. Denunciamos ele, mas a condenação foi de pagar 22 cestas básicas.”

Um caso vai puxando o outro na memória de Dona Lígia e, logo, ela conta uma história sobre um homem que havia mutilado o seu cão. “Chegamos lá e perguntamos se havia um cachorro doente. O homem disse que havia, mas que já tinham resolvido. (mais…)

Read Full Post »