Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘cães’

por Vitor Oshiro

O Blog Quer um Bicho? convidou uma veterinária para explicar os cuidados que devem ser tomados com um filhote recém-nascido orfão ou que foi abandonado. As dicas abaixo são da veterinária Thaís Andressa H. Arrebola.

A primeira coisa a fazer é abrir a boquinha do filhote e olhar o “céu da boca” dele, para ver se ele não tem o pálato fendido (uma má-formação genética que faz com que haja ligação com o “caminho” que vai pro estômago e pro pulmão… aí o filhote tem pneumonia por aspiração das coisas que ele toma e morre.). Se tiver vai precisar de uma super manutenção, cuidados e depois que crescer um pouco, é necessário ver se há a possibilidade de fazer cirurgia pra reparar isso. Ou então, eutanasiar pra aliviar a dor do bichinho.

O leite não pode ser de vaca, porque pode provocar diarréia.

Você sabe se ele mamou ou conseguiu fazer ele mamar pelo menos um pouco na mamãe? Se não conseguiu, tem como tentar de novo? É muito importante que ele adquira essa imunidade. Isso vai ajudar a protegê-lo contra doenças infecciosas como a parvovirose ou cinomose e ele tem somente umas 30 horas até parar de absorver essa imunidade através do leite materno.

(mais…)

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

Sem entrar na discussão de religião, vi no Chongas uma dica excelente do Padre Marcelo Rossi para evitar que um cachorro te ataque. Bom… quase excelente. Confira.

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

E aí, já fez sua boa ação em 2010? Bom, tem gente esperando isso. Ou melhor, alguns cachorrinhos.

O Grupo de Apoio à Proteção Animal para Londrina e região (GAP) pede a adoção com urgência de 13 cães abandonados. Confira a nota emitida pelo grupo.

“O Grupo atua há algum tempo junto a um canil de uma cidade próxima a Londrina. Fomos informados agora que este mesmo canil irá fechar. Existem lá ainda 13 animais que serão eutanasiados caso não sejam tirados do local até o carnaval. Alguns estão em tratamento ainda, mas já em condições de serem adotados. Outros necessitam de lares temporários para que possam ser tratados e encaminhados para adoção posteriormente.

O GAP vem lutando através de seus colaboradores pela preservação da vida e não pode deixar que esses animais sejam sacrificados. Pede portanto, se possível, a divulgação das fotos dos que já podem ser doados e a colaboração da comunidade no que for necessário para ajudar a salvar esses animais, mesmo que seja oferecendo um espaço onde o animal possa ser tratado. O GAP dará todo o apoio no tratamento destes.

Desde que a protetora dessa cidade atua no canil, em conjunto com outros voluntários, já foram salvos e doados 126 animais, entre cães e gatos, adultos e filhotes. É uma oportunidade também para pautas sobre o bem estar animal, abandono, posse responsável e outras.”

Apesar de a nota afirmar que eles podem ser sacrificados até o Carnaval, a voluntária responsável Michelle disse ao Londripost que isto não ocorrerá mais. “Mesmo que não encontrem um lar, eu ficarei com eles na minha casa provisoriamente. Mas, não tenho condições nenhuma. Estes cães precisam realmente serem adotados em um lar fixo”, afirma.

Quem quiser adotar deve falar com a voluntária Michelle pelo telefone (43) 9126-7890. O GAP ressalta em seu site que “não recolhe animais, nem possui abrigos e trabalha justamente para que o mundo não precise dessas instituições”. Confira as fotos dos animais que podem ser adotados:

Com informações do Londrix

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

O problema dos cães abandonados em Londrina não é recente. E com ele aparecem também as promessas eleitorais da criação de um Centro de Controle de Zoonoses.

Enquanto o local não é construído, algumas pessoas e entidades da cidade se viram como podem para amenizar o problema. A aposta mais recente foi da ONG SOS Vida Animal que lançou um calendário com as fotos dos cães resgatados.

cachorrando.blogspot.com

As imagens do calendário intitulado “Vira-Latas de Raça” foram feitas pelo fotógrafo Bernardo Sardi e pelo conhecido Caximbo. O prefácio foi escrito pelo jornalista Paulo Briguet.

O calendário pode ser encontrado no Atelier Bianca Pozzi (Rua Santos, 905 – fone: 43 3347 4157) e pela Internet (confira aqui como adquirir). O preço é R$10 e a verba arrecadada será revertida para a ONG pagar os cuidados veterinários, remédios, castração e alimentação dos quase 200 animais que são retirados das ruas.

Com informações do Quer um Bicho e do Cachorrando.

cachorrando.blogspot.com/

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

Lá estava eu na fila do cinema. No primeiro dia, não consegui assistir ao filme que queria. Não que muitos estavam interessados naquela sessão, mas, a fila do filme que eu pretendia ver coincidia com a fila do aclamado e procurado Avatar.

Voltei no dia seguinte. Consegui comprar os dois bilhetes – para mim e para a minha namorada – do filme “Sempre ao seu lado” (Hachiko – A Dog’s Story, 2009). Não, não foi ela quem me arrastou para esta sessão. Ao contrário, eu – que ainda não tinha visto Avatar – preferi ver o filme cujo nome lembra um romance, mas, é a história de um cachorro fiel ao seu dono.

fimescinep.blogspot.com

Fidelidade. É esta a palavra principal que o filme invoca. Na verdade, é uma adaptação aos Estados Unidos de uma história japonesa real bastante conhecida pelo Oriente e por amantes de cachorro de todo o mundo. Não posso contar muito mais do enredo, pois, estragaria algumas surpresas.

Não que o filme seja uma caixinha de surpresas. Na verdade, o título já entrega praticamente tudo. Um cachorro perdido que é adotado e mantém uma estreita relação com um homem. Porém, mesmo assim, “Sempre ao seu lado” é como descascar uma cebola. Independente de saber o fim ou não, fica muito difícil não chorar.

Não. O filme não vai superar o impacto causado por “Avatar” (que eu fui assistir no dia seguinte). O cachorro não vai cativar tanto as crianças como as trapalhadas do São Bernardo Beethoven e do desastrado Marley. Provavelmente, não ganhará um Oscar e a única estátua será a que ergueram para o cachorro verdadeiro no Japão. Porém, a obra vai te fazer lembrar da alegria dos cães que você teve em toda a sua vida ao te ver das imagens que aparecem no fim do filme, vai te fazer refletir e derrubar mais algumas lágrimas – que precisam rapidamente ser enxugadas porque logo em seguida as luzes se acendem.

O filme é uma ótima alternativa para quem não está com vontade de ver planetas futurísticos nem homens barbudos em horários eleitorais. Mesmo com cenas de forte apelo emocional e clichês, eu recomendo o filme. Se realmente você não gostar, o pior que pode acontecer é você sair com os olhos marejados e o ombro encharcado por servir de apoio a sua namorada.

Serviço:

Sempre ao seu Lado

Hachiko – A Dog’s Story
EUA, 2009 – 93 min
Drama

Direção: Lasse Hallström

Roteiro: Stephen P. Lindsey

Elenco: Richard Gere, Joan Allen, Cary-Hiroyuki Tagawa, Sarah Roemer, Jason Alexander, Erick Avari

Trailer:

Read Full Post »