Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘cobertura’

Por Fernanda Cavassana

Em outros posts de terça já divulgamos blogs e outros trabalhos “da casa”. Mas essa foi uma das funções projetadas para o Londripost. É de quintal, mas vale a pena conferir.
Ponto Final é uma revista online produzida pelo terceiro ano de jornalismo noturno da UEL.
Desenvolvida na disciplina de Técnicas de Reportagem, Entrevista e Pesquisa Jornalística III, a revista foi a opção escolhida pelos estudantes que também poderiam produzir um jornal impresso. Eles trabalham em grupos, e estes são definidos previamente durante as aulas, e trocados a quatro edições. O trabalho, orientado pela professora Rosane Borges, terá o total de 16 edições, sendo produzido até quase o final do ano.

Pelo site Issuu (http://www.issuu.com) eles disponibilizam as edições já publicadas. No momento, você pode conferir as três primeiras edições da revista. O site é recomendado para o compartilhamento de arquivos em PDF. Nele, é possível observar detalhes das imagens e diagramação, bem como ler tranquilamente os textos, graças ao zoom.

Daqui a pouco, sairá a quarta edição da Ponto Final. Nesta, a capa será com os londrinenses que irão até a África cobrir a Copa do Mundo. Não deixe de ler e acompanhar também as futuras edições: http://www.issuu.com/jornalnoturno

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

Uma e pouco da tarde. Enquanto estou aqui neste humilde blog, milhares de pessoas estão suando as mentes para tentar passar no Vestibular da UEL. Algo legal para os comerciantes, o setor hoteleiro, jovens que paqueram pessoas de cidades de fora, entre outros setores que se dão bem com o grande número de gente circulando na cidade.

Mas, para os jornalistas, o vestibular é, com o perdão da palavra, um verdadeiro saco! No mesmo estilo de páscoa, natal, e outras datas manjadas, a cobertura do vestibular é feita de pautas padronizadas. É aquele aluno que estudou o ano todo e está nervoso, é aquela conversinha com a psicóloga explicando como agir antes e durante a prova, é um nutricionista falando da alimentaçao adequada, é o drama daqueles que não ajustaram os relógios e deram de cara com os portões fechados. Tudo na mesma!

Ninguém faz matéria sobre o cara que teve uma forte diarréia durante a prova e ficou com vergonha da fiscal que o acompanhou no banheiro… ou do cara que recebeu um “presente” de pomba no ombro e passou a prova inteira com aquela pasta fedendo (por incrível que pareça isto aconteceu com um amigo meu)… ou da badalação – que rende a visita certa da polícia – dos barzinhos que rondam a universidade. Ou do cara que exagerou na badalação e ao tentar lembrar da fórmula do delta gorfou sobre o possível bilhete de ingresso no seu curso.

Vamos pensar em pautas diferentes, caros jornalistas! E vamos deixar os jornalistas executarem as pautas diferentes, veículos de comunicação!

Read Full Post »

por Poliana Lisboa (enquanto estavamos cobrindo a Semana de Comunicação aqui de Londrina, a estudante do quarto ano de Jornalismo da UEL, Poliana Lisboa, marcou presença na XII Semana Integrada de Comunicação, realizada em Maringá, e aceitou o convite do Londripost para contar o que rolou por lá. Confiram.)

Na redação de um jornal de interior, o telefone toca. Nenhum outro jornalista atende, sobra para você. Na linha, uma senhora questiona o motivo de faltarem notícias sobre a gripe A na cidade, como estão as investigações.  Algum tempo de conversa e ela entrega: seu neto morreu de gripe A este ano, os pais ainda não superaram a perda, os brinquedos ainda estão como ele os deixou e no outro dia seria o aniversário de 6 anos do neto. Depois de quase meia hora no telefone, você vai sugerir a pauta para o editor. Mas, a proposta do editor não é de apurar as providências das autoridades, pelo menos não de início. Ele sugere usar o aniversário do garoto, como gancho e manchete no outro dia; fotografar os brinquedos da criança; falar sobre a dor desta família. O que você faria nesta situação. Pediria para uma família que ainda não superou esta perda para que exponha esta dor? A que custo? E, apesar de saber que a matéria chamaria atenção, isto é de interesse público?

A questão levantada por uma jornalista da cidade de Maringá, que viveu esta situação, serve para exemplificar o debate desta Semana Integrada de Comunicação que aconteceu entre a última segunda (26) e quinta-feira (29). Era o segundo dia de palestras e os três jornalistas da mesa-redonda, após tanto falar sobre ética e moral no jornalismo para combater a espetacularização negativa nos meios de comunicação, disseram que publicariam esta notícia e que o importante era o tratamento que a jornalista daria a ela. Mas será?

(mais…)

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

Com este post encerramos a cobertura do Intercom 2009. Ao todo foram 19 posts e 50 tweets sobre o evento.

Gostariamos de ressaltar que o Intercom 2009 demonstrou como a era digital está presente. Em todas as salas era grande o número de notebooks, celulares 3g, palm-tops, entre outros aparelhos que estavam conectados à internet e reportando sobre o evento.

Mas, isto somente foi possível pela estrutura fornecida pelo local, a Universidade Positivo, que entrou neste clima e liberou o sinal wi-fi aos visitantes. Com isso, todos podiam acessar a internet e, como nós, contar o que estava ocorrendo no evento.

A partir de agora, nossas postagens começarão a atender o público-alvo específico: o londrinense. Dentro de instantes, publicaremos a seção “Recomendamos”, que está muito boa por sinal. Esperem e confiram!

Read Full Post »

Por Clarissa Raposo (UFMA-MA)
Patrícia Neves (UFRB – BA)
Mariana Dourado (UNESP – SP)
Luisa Barwinski (UP-PR)

A edição deste ano do XXXII Congresso de Ciências da Comunicação
(INTERCOM), realizado de 04 a 07/09, na cidade de Curitiba (PR), conta
com uma novidade na cobertura da imprensa: desta vez todos poderão
transmitir o evento através do seu próprio ponto de vista. Curioso,
não é?

Com a popularização das tecnologias móveis e a expansão dos meios de
comunicação digitais, qualquer pessoa com um celular que tenha acesso
à Internet via conexão 3G poderá se tornar um “repórter-abelha”, ou
seja, aquele que faz a cobertura por si só. A tecnologia é nova no
Brasil e está disponível em apenas 11,3% dos municípios, mas os
organizadores do evento apostam na novidade.

Para Louise Possobon, assessora de imprensa do evento, “a proposta é
trabalhar a interatividade para que os novos meios informem cada vez
mais pessoas”, diz. Ela ressalta, ainda, a importância de usar novas
tecnologias para atrair os jovens.

Leandro Raphael de Paula, da Universidade Federal de Belém do Pará
(UFPA), ainda não tirou o celular 3G do bolso, mas gostou da idéia de
poder colaborar. “É uma forma de se apropriar das novas mídias para
uma produção de conhecimentos que dê legitimidade para a Internet”,
afirma. Tássia Zanini, da Universidade Estadual Paulista (UNESP),
também apoia a proposta, “principalmente porque está de acordo com a
temática do evento, que é Comunicação, Educação e Cultura na Era
Digital”, lembra.

Até o momento, foram feitos três vídeos mostrando acontecimentos como organização, oficinas e a própria assessoria de imprensa. Para começar a transmitir é simples: basta ter um celular com acesso à Internet e baixar o programa “Qik” em http://www.qik.com. Depois, é só fazer o login com o usuário “intercom2009” e a senha “cwb2009” e começar a transmitir o seu ponto de vista do INTERCOM 2009.

Para assistir aos vídeos já feitos acesse http://www.qik.com/intercom2009 ou
http://www.twitter.com/intercom2009. Quer saber mais sobre a tecnologia 3G?
Acesse: http://jornalismo3g.blogspot.com/;
http://www.convergenciadigital.com.br/.

TWITTER: Participantes do INTERCOM09 colaboram na cobertura do evento. Com a tecnologia 3G, eles enviam vídeos pelo celular, exibidos ao vivo na web.

Read Full Post »

por Vitor Oshiro
 
 
O Londripost iniciará suas postagens no INTERCOM 2009, que será realizado em Curitiba de 4 a 7 de setembro.

A data de inauguração foi escolhida porque o INTERCOM deste ano tem como foco principal “Comunicação, Educação e Cultura na Era Digital”, algo que vai de encontro aos propósitos deste blog.

Assim, como quase todos a equipe do Londripost estará presente no evento, faremos uma cobertura do que está acontecendo por lá e da participação da UEL.

Read Full Post »