Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘dinheiro’

Por Fernanda Cavassana

Não há dinheiro nenhum em caixa. O fundo está zerado. Não estamos fazendo desvio de dinheiro que devia ser aplicado na saúde para aplicar em poupança ou outro lugar. Todo dinheiro que entra é gasto efetivamente na saúde”

Agajan der Bedrossian, Secretário de Saúde de Londrina, ontem (18/02) na Câmara dos Vereadores, enquanto dava explicações sobre o repasse de recursos para o Hospital Universitário (HU). Atualmente, atendimento a pacientes no hospital está sendo restrito desde sob alegação de falta de verba.

Read Full Post »

Por Fernanda Cavassana

 Os vigilantes que trabalham no abastecimento de caixas eletrônicos dos bancos em Londrina deverão aderir à greve estadual a partir de amanhã, dia 2 de fevereiro. São, aproximadamente, 300 trabalhadores que atuam na “alimentação” dos caixas e na segurança nas agências bancárias.

Hoje, a greve foi iniciada em Curitiba. Como conseqüências, além da previsível falta de dinheiro nos caixas, o movimento também pode levar ao fechamento das agências.

Segundo a lei, os bancos tem que ter, no mínimo, dois vigilantes às portas das agências para que seja possível o atendimento.

A greve foi decretada pelo sindicato da categoria em Curitiba, na última sexta-feira, dia 29, depois que foi negado o reajuste salarial de 3,9% à categoria.

Em Curitiba, o presidente do Sindicato dos Vigilantes de Curitiba e Região e da Federação dos Vigilantes do Estado (Sindivigilantes), João Soares, alertou a população: “Quem precisa sacar dinheiro é bom que o faça agora, porque a partir da semana que vem já não será mais possível. Os profissionais de carro-forte também aderiram à paralisação e não há data para terminar”.

Segundo João Soares, os trabalhadores estão em campanha salarial desde novembro de 2008. Dentre as exigências dos trabalhadores, está o aumento real de 5%, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) integral e um adicional de risco de vida de 15% sobre o salário já reajustado, além de um vale refeição de R$15.

A proposta do empresariado – rejeitada por unanimidade – foi um reajuste de R$ 62,30 no piso salarial (atualmente é de R$ 890), mais R$ 4,69 no adicional de risco e R$ 0,70 no vale refeição.

*Com informações do Londrix e do site de Fábio Campana

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

Como os londrinenses que andam de ônibus já devem estar sabendo, a tarifa aumentou para R$2,25. No última sábado (23), manifestantes se reuniram no Calçadão Central da cidade para protestar.

Fonte: Blog Rabisco Londrinense

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

Chupinhado do Não Salvo

Read Full Post »

A Amazônia vai virar palito de fósforo!

O nosso pedido é para 400 mil palitos, não maços. Acho que houve um equívoco no edital”

Cristina Yoshida, gerente de Merenda Escolar da Secretaria de Educação, explicando a requisição de 160 milhões de palitos de fósforos, um gasto de R$ 636 mil, em edital da Prefeitura de Londrina para estruturar a merenda escolar em 2010.

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

O Jornal de Londrina mostrou hoje que uma licitação de merenda escolar da Prefeitura de Londrina previu o gasto de R$ 636 mil apenas com a compra de fósforos para o ano que vem.

A licitação tratava da compra de utensílios de cozinha a serem utilizados na merenda escolar.

Segundo a gerente de Merenda Escolar da Secretaria de Educação, Cristina Yoshida, houve um engano, pois, o correto seriam 400 palitos de fósforos e não 400 maços como foi anotado.

Agora fica a pergunta: será que este foi o único engano? Ou será que mais equívocos como este passaram despercebidos e muitos “fósforos” foram comprados com nosso dinheiro???!

Read Full Post »

Por Fernanda Boni (UEL-PR)
Flávia Souza (UFJF-MG)
Victor Avner (UFAL-AL)

O prefeito de Londrina (PR), Barbosa Neto, foi cobrado em seu perfil
no Twitter para investir no Londrina Esporte Clube, o LEC. Um torcedor
do time que se identifica como Betíssimo , pediu mais atenção do
prefeito com a equipe, chamada de Tubarão. Ele escreveu: “é uma
vergonha a 3ª maior cidade do sul do país ter um time tão decadente”.
Como resposta, o prefeito afirmou ser complicado investir dinheiro
público no futebol. Barbosa Neto ainda complementou: “o que espero é
que as empresas londrinenses prosperem e invistam no time”.

Horas depois, o mesmo seguidor do prefeito no Twitter questionou se o
município oferece vantagens para as empresas que patrocinam o
Londrina. A resposta foi um seco “não”.
Em outras oportunidades, Barbosa Neto demonstrou apoio ao Tubarão . O
prefeito já vendeu ingressos para jogos do time e também números de
uma rifa que garantiu a viagem de avião dos atletas e da comissão
técnica para São José, no Rio Grande do Sul, na disputa da segunda
fase da série “D” do Campeonato Brasileiro.

No próximo dia 13/09, será o último jogo da terceira etapa da
competição e o LEC precisa de uma vitória simples para se classificar.
O adversário é a Chapecó, de Santa Catarina. A última participação
do Londrina no Brasileiro foi em 1998, quando foi vice-campeão da
série “B”. De lá pra cá, muitos problemas financeiros deixaram o
Tubarão mal das pernas. Hoje, o principal patrocinador é a empresa de
telefonia municipal, a Sercomtel , que tem economia mista. A verba
mensal, que era de R$ 30 mil por mês, passou a R$ 40 mil depois da
classificação do time para a segunda fase da Série “D”. Foi o próprio
prefeito Barbosa Neto, com apoio do Presidente da companhia, quem
definiu o aumento.

As opiniões dos eleitores brasileiros sobre investir dinheiro público
nos times que representam as cidades são bem diferentes. Ouvido por
nossa reportagem durante o Congresso de Ciências da Comunicação (
Intercom), realizado em Curitiba (PR), de 04 a 07/09, o jornalista
Evandro Medeiros disse ser favorável ao investimento, considerando que
esta seja “uma questão de valorização do esporte. Além disso, é uma
oportunidade marketing para a prefeitura”.

Já o turismólogo, Guilherme Lourenço, acredita que primeiro é preciso
avaliar as questões mais importantes para a cidade e saber se está
havendo investimentos da prefeitura no esporte de base: “caso tudo
esteja certinho, vale a pena”, complementa. A jornalista Danúbia
Andrade é completamente contrária : “De forma alguma. Quem deve
financiar são as empresas privadas”.

Pelo sim e pelo não, o fato é que o Tubarão anda, literalmente,
caindo pelas tabelas. É o time com pior campanha na disputa da série
“D”, e os jogadores e o técnico continuam com os salários atrasados.

Twitter:  Prefeito de Londrina, Barbosa Neto, escreveu a um seguidor no Twitter que não investirá dinheiro público no time da cidade, o LEC, na
disputa da série “D” do Brasileiro.

Read Full Post »