Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘entrevista’

por Lígia Zampar

“Uma câmera fotográfica digital emprestada, US$ 6 mil e quatro dias de rodagem foram suficientes para o uruguaio Gustavo Hernández filmar “La Casa Muda”, um filme experimental de terror escolhido para participar do Festival de Cannes. Enquanto rodava “La Casa Muda”, com uma equipe de não mais de 15 pessoas, Hernández se conformava em “fantasiar” com a estreia de seu filme em algum cinema do Uruguai…”

Vale a pena conferir a entrevista com o diretor uruguaio Gustavo Hernández.

O filme conta uma história real da década de 40 que aconteceu no Uruguai, quando dois corpos foram mutilados em uma casa de campo. Segundo o diretor, o filme foca nas últimas 72 horas das vítimas.

Trailer “La Casa Muda”

Read Full Post »

Por Fernanda Cavassana

Definitivamente, eu e hospital não combinamos!

Fujo, sempre. Odeio tomar remédios, odeio ter que ficar olhando pra cara de dó de médico. Porque o difícil é eu ir lá sem ter nada.

Apesar de que, ontem eu fui. Passar uma tarde toda no HU fazendo entrevistas.

Primeira entrevista e pauta: serviço voluntário. Fonte:  uma paciente internada.

– Você tem contato com os prestadores de serviço voluntário aqui no hospital?

-Não.

(minha cara no chão e já me perco nas perguntas que viriam depois, lógico que na espera de um sim)

-O Sr que está na sua frente é um, sabia?

-É? Mas eu só vi ele hoje.

Não consegui extrair mais nada dela. Aliás, não consegui nenhum outro entrevistado. Uhul!

Entre essa e a outra entrevista, que tal doar sangue?

Meu tipo é o O positivo, ótimo: doador universal e o hemocentro feliz em recebê-lo.

Mas não deu. Fui furada mais vezes que o necessário, estou com escassez de hemoglobina no sangue, se eu doar pode me fazer falta. Resultado: fui impedida pelo médico de realizar a doação. Minha cara é recolocada no chão e eu sou chamada de pré-anêmica. Rá. Eu gosto de doar sangue pó, me deixa salvar alguma vida?

Minha colega de estágio, de blog, e de torcida pro Bauru Basquete, doa sangue e eu aguardo, formulando pauta. Essa última tinha que rolar, e ia ser tudo bonitinho.

Até que foi. Conseguimos entrevistar a enfermeira – que por sinal cuidou antes da querida Lígia que passou mal depois da doação, sem nenhum problema. Talvez, meu tropeço e tombo no departamento, na frente de algumas pessoas, possa ser outro indício de azar. Mas que culpa eu tenho se tinha um ressalto ali, bem alto por sinal. Sorte que o balcão da secretária estava ali e impediu que minha cara fosse ao chão pela terceira vez.

Tá, nisso até que eu tenho sorte. Quase nunca caio. Tropeço, confesso. Mas tombo mesmo só alguns, e com platéia (lógico).

Acho que o azar ultimamente tem andado com o meu contato com os hospitais. Ano passado consegui a proeza de fechar o CECA com uma sinusite e com a pressa de um médico.

Ah, preciso lembrar a façanha de sexta passada, quando fui parar no Hospital das Clínicas com um espinho GIGANTE de peixe na garganta. Chega! Azar eu tenho sempre e minhas histórias – piadas pra quem ouve ou lê – dariam muitas algumas crônicas. Deixo só essas para a quarta de hoje.

Read Full Post »

por Fernanda Cavassana

Os leitores do londripost estão acompanhando a polêmica sobre a interrupção do tratamento de quimioterapia de uma paciente filiada à Unimed Londrina. Esta semana, divulgamos o vídeo de Ana Maria Menezes, assim como a versão da Unimed Londrina sobre a história e um comentário deixado pela própria paciente com informações sobre o seu caso.

Acompanhe agora uma entrevista feita com Ana, com mais informações.

Seu nome completo? Sua profissão? Idade?
Meu nome é Ana Maria Camin de Menezes, sou professora de inglês e tenho 43 anos.

Em que cidade reside? Porque seu plano de saúde é com a Unimed Londrina?
Resido em Uberlândia mas meu esposo trabalha para uma empresa de Londrina. Nosso plano de saúde é empresarial.

Seu tratamento estava sendo realizado em que cidade?
Todo o meu tratamento tem sido feito aqui em Uberlândia na cidade onde resido.

Há quanto tempo é filiada ao plano de saúde da Unimed Londrina? É a primeira vez que enfrenta problemas com a empresa?
Éramos filiados à Unimed Uberlândia, mas este ano migramos para o plano da empresa.

Você poderia dar mais detalhes sobre seu tratamento? Quando começou? Qual o medicamento utilizado antes?
O tratamento, recomendado por minha oncologista Dra. Zaíra Loureiro, foi de quatro sessões AC e quatro sessões TAC (com medicamento Taxotere). Comecei em agosto com intervalos de 21 dias. As quatro primeiras sessões foram autorizadas, no entanto, ao pedirmos a autorização para as últimas quatro, foram negadas.

(mais…)

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

DO CLERO: Ontem, o vereador Rodrigo Gouvêa (ou Gouveia, ou Gouvêia, ou aquele que foi preso) deu uma entrevista coletiva. Denúncias? gente indo para o buraco junto com com ele? Tortura? Nada… o ex-vereador não falou nada de muito interessante, somente do polêmico corte de cabelo e que não vai renunciar ao cargo

DO CAFÉ: Achou que coisa antagônica era o Lula citando Frued em entrevista??? Não, é que você não viu esta imagem no blog!!! 

DO PAÇOCA: “Pagar que é bom nada!”. Esta frase que falo aos meus amigos caloteiros é o que os médicos andam dizendo por aí em Londrina. Enquanto isto, a Prefeitura lança um plano emergencial para contornar os estragos da paralisação.

– DO PEDRIALI: Quer mais charges da Uniban? Veja aqui!!!

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

O Grupo de Pesquisa de Interações na Blogosfera realizado neste sábado (5/9) no Intercom 2009 discutiu temas como Blogs confessionais, a recente polêmica envolvendo o Blog da Petrobrás, a importância da plataforma para divulgação de informação e como os blogs estão sendo utilizados para discutir a imprensa e como fonte de informação na rotina de trabalho de jornalistas.

Na platéia, estava um dos grandes pesquisadores da web, Alex Primo, que conversou com exclusividade com o Londripost sobre a relação entre blogs e o twitter, como projetar um blog com sucesso, interatividade e como o Intercom 2009 está se tornando um marco da era digital. Clique AQUI para baixar a entrevista na íntegra.

Alex Primo estava na platéia do GP e Blogosfera. Crédito: Vitor Oshiro

Alex Primo estava na platéia do GP e Blogosfera. Crédito: Vitor Oshiro

Ainda estamos devendo o que de melhor aconteceu na palestra com o pesquisador francês Dominique Wolton. Em breve aqui no Londripost.

Read Full Post »