Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘escolha’

por Leonardo Caruso

“Tem horas que a gente se pergunta: porque não se junta tudo numa coisa só?” O refrão da música “Uma coisa só” do Teatro Mágico é o gancho da crônica de hoje. Não tem ligação nem com música nem com receita de culinária. O fato é que, às vezes, e esse “às vezes” ocorre com muita frequência, a gente se pergunta “porque não juntar tudo numa só coisa”?

A dúvida do que fazer nos mata. Ter que escolher é algo muito simples, mas difícil. As mulheres nunca sabem a roupa que usar. Os homens costumam ser mais decididos em alguns aspectos. Mas deixa um que gosta de filme escolhendo a TV e o home theater novos. Haja paciência.

Tem pessoas que são impacientes por natureza. Não adianta pedir pra ter calma que já se estressam. E quando têm que escolher alguma coisa o negócio piora. Por outro lado, tem pessoas que não tem dificuldade alguma. Para elas, não tem graça escolher entre uma coisa e outra.

E tudo na vida temos que escolher, desde nossas roupas, nossa escola, nosso empregos e as baladas. Escolhemos amigos e namorados. Decidir qual o caminho tomar e no que acreditar. Optar por um político de direita por tradição ou um de direita registrado como esquerda. Escolher as palavras depois de um encontro, numa reunião ou num papo entre amigos.

Escolher é difícil. Não precisamos ter certeza que escolhemos o que vai ser melhor pra gente. Precisamos ter certeza DO QUE escolhemos e saber lidar com as conseqüências. Consciência de nossas atitudes.

Um conselho agora que estamos em ano de eleições: seja consciente. Seu político pode não se tornar o que você acreditava ser possível, mas você precisa se lembrar o que ele te prometeu e o motivo de ter ganho seu voto.

E nessa onda, a gente se pergunta: por que não se junta tudo numa coisa só?

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

Não, o título não está escrito errado. Este “quí beléza” é em homenagem ao narrador esportivo Milton Leite que desfere o bordão sempre que uma cagada jogada ruim é feita no futebol.

Bom, pelo menos é esta minha opinião sobre a escolha do Rio de Janeiro como sede dos Jogos Olímpicos de 2016. Para mim, merece um grande “QUÍÍ BÉLÉZAAA..”

Serei sincero em afirmar que não estava pessimista no início. Talvez os vídeos bonitinhos, as pessoas de mãos dadas e as promessas de que os investimentos tornariam a “cidade maravilhosa” realmente maravilhosa tivessem me deixado um pouco deslumbrado.

Mas, mais do que todo o excelente marketing da campanha, notícias como esta, divulgada no Lance, me fizeram cair na real: “TCU condena membro do Rio-2016 por gastos do Pan”.

É isto mesmo que vocês estão pensando. Um dos membros do Rio-2016 foi condenado por superfaturamento nos Jogos Panamericanos e, segundo o prefeito do Rio, Eduardo Paes, ele não será afastado da organização das Olímpiadas.

É isto, minha gente.  Na minha opinião, não adianta construir estádios belíssimos, receber turistas de todas as partes do mundo, gerir investimentos que poderão melhorar educação, saúde e segurança, se os responsáveis não se manterem responsáveis.

E esta postura está muito longe de acontecer. Até lá, o ouro não estará nas medalhas sobre os pódios, mas sim nos bolsos  de quem não merece!

Read Full Post »