Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘história’

por Leonardo Caruso

No clima de humor-de-quinta, não poderia deixar essa pérola que vi hoje no facebook. Como seria o facebook se existisse há milhares de anos? (está em inglês, mas dá pra entender!)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Read Full Post »

Por Fernanda Cavassana

Todos sabem que hoje o Google é a ferramenta de busca mais utilizada do mundo. Os livros e as antigas enciclopédias deram lugar à facilidade e comodidade do site. Mas, até onde o online consegue substituir e compensar o ambiente e a estrutura de uma biblioteca real?


O recomendamos de hoje é para quem gosta de história e se interessa por raridades que ajudaram construir o conhecimento que hoje temos sobre o nosso passado. Para quem não conhece, um site que lhe possibilita buscar por obras importantes espalhadas por todo o mundo: Biblioteca Mundial Virtual.

Inaugurada em abril do ano passado, a Biblioteca Mundial Virtual é uma iniciativa da UNESCO que disponibiliza raridades como manuscritos, livros, imagens e documentos sonoros do mundo todo por meio da Internet.

Lá você pode encontrar o Mapa de Santo Agostinho (1589), que descreve o ataque de Sir Francis Drake a Santo Agostinho em 28 e 29 de maio de 1586 nos Estados Unidos da América. Imagem de Jean Fouquet, o maior pintor francês do século XV. Ou fotos antigas do Brasil, como uma fotografia do Rio de Janeiro da Coleção Thereza Christina Maria. Além da organização da ONU, instituições de vários países colaboraram para que o projeto desse certo. O site funciona em sete idiomas: árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, português e russo.

Apesar de inaugurada há mais de um ano, poucos conhecem o endereço e o acervo da Biblioteca Mundial Virtual, bem como a importância de ter um fácil acesso a tudo que podemos encontrar lá.

Um sonho para qualquer colecionador ou amante da história. Acesse: http://www.wdl.org/pt/

Read Full Post »

por Lígia Zampar

“Tenho que ter uma paciência de Jô”, já diria eu, já diria minha mãe, minha vó…

 Mas afinal, quem era Jô?

 Acho que ele era um cara bem brasileiro. Olha só isso: “Nasceram-lhe sete filhos e três filhas” (tirado da Bíblia, de Jó, capítulo 1 e versículo 2).

Se ele tinha 10 filhos, além de não ter televisão na casa dele, ele também não tinha noção de como um filho dá trabalho.

E devia ter muita paciência pra aguentar dez crianças mais a esposa.

Digo que ele é brasileiro, porque é esse o retrato da família de classe baixa no Brasil: muitos filhos e muita força de vontade pra sustentar e paciência pra aguentar todos.

Se você sempre diz “Paciência de Jó” e nunca se perguntou quem era esse, tá aí: Jó é o nosso herói…

Mas se eu fosse você não seguiria o exemplo dele. Segundo a história… “E Deus virou a situação de Jó, enquanto ele orava pelos seus amigos, e o Senhor devolveu a Jó em dobro a tudo quanto antes possuía de bens materiais, além de vir a ter outros sete filhos e três filhas, as quais vieram a ser consideradas como as mais belas da época. E ele viveu cento e quarenta anos, e morreu velho e farto de dias…”

Imagina ter mais dez filhos e viver até os cento e quarenta anos? Aquecimento global, Terceira Guerra Mundial…

Não, obrigada.

Prefiro viver sem paciência.

(Os escravos de Jó ficam pra outra hora.)

Read Full Post »

Por Daniela Brisola

História da Moda

História da moda: quem não quer conhecer? Todo mundo que gosta de moda quer saber como cada grife começou, da onde surgiu tal ideia, quem inventou a mini-saia, não é verdade?
Pois é, pra quem tem essas curiosidades, uma infinidade de livros estão disponíveis no mercado. Mas pra quem quer algo mais prático e sem custos, eu recomendo dois sites:
O primeiro é o Especial Moda que pode ser considerado uma espécie de almanaque da moda. Lá tem de tudo, desde dicas de livros até a história do pretinho básico.

O outro é o História da Moda, escrito pela fofíssima e dona do Sanduíche de Algodão, Hêlo Gomes. A autora entende bem do assunto, como ela mesma disse neste post. Com mais cara de blog do que de site, o História da Moda traz o retrospecto de um jeito mais light, com muitas fotos e textos curtos. Hêlo faz questão de buscar a história do item pesquisado desde o começo até como ele está sendo usado atualmente.

Não interessa qual site você escolha para saber mais sobre a história da moda, os dois valem a visita e são fontes bem confiáveis.

*Daniela Brisola é mais uma colunista do Londripost! Escreverá sobre moda semanalmente na “Sou chique, benhê!”. Ela é estudante do terceiro ano de Jornalismo da UEL e assina o blog http://futilutil.wordpress.com

Read Full Post »

O rádio do taxista, por algum motivo, não funcionava. Parecia haver interferência de uma onda muito forte, já que o chiado que fazia era ensurdecedor. Estação nenhuma funcionava e o taxista se propôs a ir em busca de ajuda, enquanto Rogério gritava que ficaria com Anabelle.

A angústia de quem perde alguém muito querido, mas que não consegue acreditar. Aquela dor no peito. É respirar profundamente, mas sentir-se sem fôlego, vazio. É abraçar com todas as forças um corpo ensaguentado, caido à grama que acompanhava a estrada. Um abraço não correspondido, por mais forte que Rogério pudesse segurar Anabelle. Ela estava morta, não havia dúvidas, mas era tudo muito estranho pra ser verdade.

Rogério passou um tempo abraçado a Anabelle, esperando sentir sua respiração, com vozes, barulhos, imagens e tudo que havia vivido passando em sua mente. Como fora acontecer aquilo tudo. E perdido em seus pensamentos, mas sem deixar de segurar a amada em seus braços nem por um segundo, as vozes foram parando, as imagens ofuscadas por um brilho profundo e tudo se transformou em uma paisagem branca silenciosa. E todos os lados eram iguais, um branco que transmitia paz, um silêncio que não ouvia, como se a ausência de som fosse a melhor melodia que ele poderia ouvir. E algumas palavras começaram a preencher aquela paz…

(mais…)

Read Full Post »

por Lígia Zampar

Hoje são contemplados exatos cem anos do Dia Internacional da Mulher. Durante toda a história, vitórias e retrocessos fizeram presentes.

Trabalhamos na produção de armas durante a Segunda Guerra, queimamos sutiã em praça pública e lutamos por direitos políticos.

Ainda hoje, somos responsáveis pelo trabalho de cuidado e de reprodução da família.

Nem sempre valorizada, a mulher lutou muito pra diminuir as diferenças na sociedade, e como uma luta constante,  não desiste dos seus objetivos.

À toda mulher, parabéns pelo dia 08 de março, porque dia da Mulher é todo dia.

Para todas as mulheres!

Read Full Post »

Era tudo o que Rogério precisava, mais uma preocupação para atormentar sua mente. Além do mistério que envolvia a cadeira de rodas e o assassinato da família Fazzioli, uma máquina louca, e ainda a possibilidade de um assassino estar atrás dele.

Não podia ser verdade. Pelo menos não tudo aquilo, era loucura demais para uma pessoa em uma noite só.

Belle entendia que todas aquelas informações estavam estourando o cérebro de Rogério, mas a preocupação e a adrenalina em pensar que o professor presenciou e poderia solucionar o crime eram maiores. A portuguesa sabia que quanto mais o tempo passasse, mais as informações do futuro que Rogério presenciou, assim como as informações do passado, sumiriam.

-Rô, faz um esforço! Se você realmente presenciou a morte da família nesta madrugada, além de conseguirmos ajudar a polícia a pegar um criminoso, podemos te proteger! Você pode ser a próxima vítima.

-Eu não consigo acreditar em nada, acho que vou pifar. Como tudo isso é possível? Como quebrar a barreira do tempo? Você falou que eu posso ver e mudar o futuro, Belle, isso é impossível.

-Eu entendo como deve ser difícil para você, mas você terá que se esforçar, driblar essa dificuldade para tentarmos consertar isso.

-Belle, e a cadeira? Você disse que quando voltou para cá eu havia saído com ela. Qual a relação dela com tudo isso?

(mais…)

Read Full Post »

Older Posts »