Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘jornalismo’

Por Marcia Boroski

Começou ontem a Semana Literária do Sesc. Com nomes de peso, a edição deste ano traz discussões sobre o mundo da literatura relacionado
à sedução e a civilização e também uma homenagem à Antonio Candido. As mesas redondas são uma ótima pedida para que aprecia uma boa litetaratura. Confira a programação e mais informações no podcast a seguir.

Anúncios

Read Full Post »

Como boa caloura de Jornalismo, ainda estou me deslumbrando com coisas normais do dia-a-dia de um jornalista, como ter uma matéria publicada em um importante veículo de comunicação ou passar um dia na redação de um jornal. Simplesmente, me sinto virgem profissionalmente e, enquanto não deixo a virgindade de lado em vários alguns aspectos, vou me contentando com as pequenas felicidades que vão surgindo.

Uma dessas felicidades estudantis ocorreu na segunda-feira, dia 20 de setembro: Eu ganhei minha primeira credencial! Foi sem a expectativa de recebê-la, foi uma surpresa! E foi deliciosa…

Me sentia alguém importante. Eu tinha livre acesso a partes do evento que o público não tinha. Com aquela pulseirinha eu conseguiria cumprir minha pauta melhor do que eu imaginava! Me sentia sortuda, merecedora e especial. Acima de tudo especial.

Sei que nós, jornalistas ou estudantes de Jornalismo, não devemos nos deslumbrar com as facilidades que podemos ter em razão da profissão. Não é ético acharmos que somos uma celebridade ou que fazemos parte do mundo dos famosos. Mas naquele momento, a ética ficou em segundo plano nos meus pensamentos, por mais que eu tentasse abaixar minha ansiedade.

Com certeza, será um dia o qual me lembrarei há daqui 50 anos. Ganhei minha primeira credencial de imprensa na minha primeira pauta sobre moda. Será um sinal? Tenho três anos e alguns meses para descobrir, mas naquela segunda-feira à noite eu era, mesmo que só para mim, uma jornalista de verdade!

"A" credencial

Read Full Post »

Por Fernanda Cavassana

Já ouviu falar do Comunica Beach!? Para possibilitar uma dimensão do que se trata, entrem no site: www.comunicabeach.com.br e fiquem por dentro do evento!

Caso haja o interesse, vá atrás da chance de participar dele por menos que o valor da sua passagem de ônibus coletivo ou do seu almoço no RU!

O Centro Acadêmico de Comunicação Social da UEL está oferecendo um pacote completo para o Comunica Beach como prêmio de uma rifa. A oportunidade é uma parceria com a ASCOF (Associação Sedentlética de Comunicação  Professor Waldyr Gutierrez Fortes).

O pacote completo custa R$ 360,00 (para não-sócios) e inclui:

– Alojamento (Pousada ou casa)
– Transporte (Londrina-Ferrugem)
– Cueca da UEL
– KIT COMPLETO (caneca/alça + copo + abadá)
– Inscrição nos jogos
– Pacote de festas
– Sorteio de 8 mensalidades completas na Iron Gymnasium (Todas as modalidades da academia inclusas: Musculação, Jiu jitsu, muay thai, boxe, pilates, bike indoor, jump, Ioga etc. *Para treinar das 06h até as 17h30m ou das 22h as 00h)

OPEN 24H*
2 festas noturnas (oficiais dos jogos):

– Abertura: Open de cerveja
– Encerramento: Vodka + Jurupinga.
Atração: Monobloco
2 festas matutinas e vespertinas
Tenda do Escritório Bar, pra galera que tiver pulseira de londrina pode pegar bebidas na faixa a todo momento! Open Bar no Bus

07/11 Pré-Comunica no Escritório NA FAIXA
18/11 Pós-Comunica na 2800 NA FAIXA

Do valor arrecado na rifa, 25 % será revertido para o C.A. Se você não quiser arriscar ser o vencedor e garantir sua ida para Ferrugem pelo preço completo, entre em contato com a ASCOF e compre o seu pacote (sócios pagam menos!). Fica a dica e a recomendação não só para os estudantes de comunicação, mas para todos os que estiverem interessados.

A rifa pode ser adquirida com os membros da diretoria da ASCOF e do CA de Comunicação da UEL.

Mais informações:

http://sedentletica.wordpress.com

http://cacomuel.blogspot.com/

Read Full Post »

Às vezes me pego pensando sobre a integração entre cursos da UEL. Será que essa integração existe ou não? Eu que não saio para conhecer pessoas de outros cursos ou realmente há certos cursos que não se misturam?

Penso que se eu não fizesse uma atividade extra-curricular, como jogar pela Atlética Geral, eu não teria conhecido quase ninguém de outro lugar da UEL, senão do departamento de Jornalismo. Tudo bem, não vou em cervejadas ou festas em repúblicas, mas será que deveríamos conhecer novas pessoas apenas em lugares regados a álcool?

O álcool realmente ajuda a desinibir e fazer com que a integração ocorra. O detalhe é que a integração não ocorre pela pura integração de cursos. Essa tal integração, na maioria das vezes, possui intenções não-acadêmicas.Não digo que seja errado. Universidade existe para se fazer amigos, conseguir amores passageiros e namoros duradouros, mas estranho o fato de as pessoas terem de ir a uma festa para descobrir que uma menina que faz física não é nerd e bitolada, que alguém de dread pode não estudar Ciência Sociais e que alguém de Agronomia pode não gostar de sertanejo e caminhonetes.

Chegamos a ver sempre as mesmas pessoas no RU, mas nunca a cumprimentamos ou puxamos papo, porque tememos ser tachado de invasivo, entrão ou estranho. Penso que a universidade passaria a ser ainda mais legal se deixamos um pouco os preconceitos de lado. Às vezes, aquela pessoa que sorriu pra você, mas não a conhece, quis ser apenas amigável.

O mercado de trabalho já nos deixará tão comedidos quanto às atitudes e falas, não há porquê adiantar essa vida travada por normas sociais na universidade. Somos jovens e devemos agir como tal. Como pessoas abertas a novas experiências que aceitam o “oi” da menina de cabelo laranja, a acenada com a cabeça do menino de calça rasgada e havaiana e a festa regada a sertanejo, bota e fivela.

Se a universidade nos renderá os melhores anos de nossas vidas. Por que não aproveitá-los com desmistificações e aprendizados sociais? E isso serve para mim mesma.

Read Full Post »

*texto retirado do Portal Bonde NEWS

UEL ganha três prêmios no “Sangue Novo” de Jornalismo

Destaque para a professora Flávia Bespalhok, que orientou os vencedores nas categorias Reportagem para rádio e Radiojornal laboratório

A Universidade Estadual de Londrina (UEL) foi um dos destaques na entrega do prêmio Sangue Novo de Jornalismo, entregue na noite de quinta-feira (27) no Memorial de Curitiba. O estudante Edison Vitoretti Junior, do segundo ano, conquistou o primeiro lugar na categoria reportagem impressa com “Olhos Emotados de Cimento e Lágrima”.

Em reportagem para rádio, a UEL teve dois estudantes premiados. Camila Vencelsau Meira, do 2º ano, conquistou o primeiro lugar com “Basquete para Deficientes Físicos”, enquanto Janaína Assis de Castro Gomes, Luiz Gustavo e Ticiane de Oliveira, do quarto ano, ficaram em terceiro com “Mudando para melhor: o esporte na inclusão social de deficientes físicos”.

Os dois trabalhos foram orientados pela professora Flávia Bespalhok. Flávia também orientou o vencedor da categoria Radiojornal Laboratório, com o “Frequência Londrina”, dos estudantes do segundo ano.

A Unopar também foi premiada no Sangue Novo. O webjornal laboratório ComTexto, produzido por estudantes do 3º ano, ficou em terceiro lugar, sob orientação do professor Reinaldo Zanardi.

Clique aqui para ver a lista completa de vencedores

Para ver o texto no Portal Bonde clique aqui.

O Londripost já havia citado o Radiojornal Laboratório vencedor (clique aqui para ler o post).

Parabéns aos colegas estudantes do curso!

Read Full Post »

Por Fernanda Cavassana

Em outros posts de terça já divulgamos blogs e outros trabalhos “da casa”. Mas essa foi uma das funções projetadas para o Londripost. É de quintal, mas vale a pena conferir.
Ponto Final é uma revista online produzida pelo terceiro ano de jornalismo noturno da UEL.
Desenvolvida na disciplina de Técnicas de Reportagem, Entrevista e Pesquisa Jornalística III, a revista foi a opção escolhida pelos estudantes que também poderiam produzir um jornal impresso. Eles trabalham em grupos, e estes são definidos previamente durante as aulas, e trocados a quatro edições. O trabalho, orientado pela professora Rosane Borges, terá o total de 16 edições, sendo produzido até quase o final do ano.

Pelo site Issuu (http://www.issuu.com) eles disponibilizam as edições já publicadas. No momento, você pode conferir as três primeiras edições da revista. O site é recomendado para o compartilhamento de arquivos em PDF. Nele, é possível observar detalhes das imagens e diagramação, bem como ler tranquilamente os textos, graças ao zoom.

Daqui a pouco, sairá a quarta edição da Ponto Final. Nesta, a capa será com os londrinenses que irão até a África cobrir a Copa do Mundo. Não deixe de ler e acompanhar também as futuras edições: http://www.issuu.com/jornalnoturno

Read Full Post »

Por Pedro Rosa

E aí, galera?

Mais uma vez reunidos aqui, nessa segunda-feira chuvosa (pessoal da exposição se ferrou, só falo isso) com mais um vídeo clássico do youtube, com mais de 110000 acessos.

Esse vídeo eu dedico a todos que fazem jornalismo, com o intuito de vender Folha de Londrina na rotatória da Higienópolis com JK (falo mermo).

Aqui temos mais um exemplo clássico de o que acontece com algumas pessoas que fazem jornalismo: alcolismo, dentes amarelados e pura beleza interior. E depois me perguntam por que tiraram a importância do diploma de jornalismo (eu sei, piada velha, mas podem deixar que eu lembrarei dela mais vezes) Aposto que foi culpa da Ione (não entendeu, veja o vídeo).

Questionamentos levantados com o vídeo:

1- Que p… de lugar é esse minha gente?

2- O que a levou desabotoar sua blusa?

3- Por quê ela usa meia-calça até o umbigo?

4- Na cidade dela ainda tem dentistas?

5- Que p… ela fala no final?

São questões importantes que devemos pensar nessa noite, no conforto da nossa casa, enquanto tomamos sopa de letrinhas.

Fica aí a dica de contato para um encontro com uma pessoa bacana, com um papo legal, carismática e aceita fazer qualquer coisa: 9974-2421 (telefone já cancelado)

Ione, sou seu fã.

E para o resto, tudo de bom aqui nesse shopping.

*Pedro Rosa é estudante de Relações Públicas na UEL e o novo colunista sobre vídeos clássicos do Youtube no Londripost.

Read Full Post »

Older Posts »