Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘lec’

por Vitor Oshiro

É, parece que se assustar com tubarão é um privilégio da geração dos anos 70 que assistiu aos antigos filmes “Spielberguianos”, nos quais o animal matava sem piedade ao som da músiquinha “tã-nã-nã-nã-nãããã”. Hoje, nosso tubarão não matou. Ao contrário, morreu na praia.

Refiro-me ao Londrina Esporte Clube (LEC) – representado na “fauna futebolística” pelo Tubarão-, que precisava ganhar do Chapecoense (SC) por uma vitória simples para tentar se classificar à série C do Campeonato Brasileiro. Não ganhou. Somente empatou por 1 a 1. Conclusão: está fora.

Mais uma vez, o Tubarão jogou um balde de água fria nos torcedores. A saga do time cheio de dívidas trabalhistas que chegou a rifar uma TV de plasma com o objetivo de conseguir fundos para viajar parecia caminhar a um final feliz com gols feitos na base da raça nos fins de partida… mas não. Novamente, o LEC deixou tristes aqueles que o apóiam.

Sem jogos agendados até 2010, parece não restar mais nada ao LEC. Mas, resta alguma coisa sim. A presença de um oficial de justiça no estádio para levar parte da arrecadação das bilheterias – cerca de R$ 26 mil – para quitar dívidas mostra que resta repensar tudo.

E isto não deve ser feito pensando em títulos e conquistas grandiosas – que, hoje, parecem ser mais fictícias que os filmes do Spielberg-, mas, em respeito aos torcedores que estavam, estão e sempre estarão acompanhando e apoiando o time!

Veja como foi o jogo Lance a lance!

Read Full Post »

Por Fernanda Boni (UEL-PR)
Flávia Souza (UFJF-MG)
Victor Avner (UFAL-AL)

O prefeito de Londrina (PR), Barbosa Neto, foi cobrado em seu perfil
no Twitter para investir no Londrina Esporte Clube, o LEC. Um torcedor
do time que se identifica como Betíssimo , pediu mais atenção do
prefeito com a equipe, chamada de Tubarão. Ele escreveu: “é uma
vergonha a 3ª maior cidade do sul do país ter um time tão decadente”.
Como resposta, o prefeito afirmou ser complicado investir dinheiro
público no futebol. Barbosa Neto ainda complementou: “o que espero é
que as empresas londrinenses prosperem e invistam no time”.

Horas depois, o mesmo seguidor do prefeito no Twitter questionou se o
município oferece vantagens para as empresas que patrocinam o
Londrina. A resposta foi um seco “não”.
Em outras oportunidades, Barbosa Neto demonstrou apoio ao Tubarão . O
prefeito já vendeu ingressos para jogos do time e também números de
uma rifa que garantiu a viagem de avião dos atletas e da comissão
técnica para São José, no Rio Grande do Sul, na disputa da segunda
fase da série “D” do Campeonato Brasileiro.

No próximo dia 13/09, será o último jogo da terceira etapa da
competição e o LEC precisa de uma vitória simples para se classificar.
O adversário é a Chapecó, de Santa Catarina. A última participação
do Londrina no Brasileiro foi em 1998, quando foi vice-campeão da
série “B”. De lá pra cá, muitos problemas financeiros deixaram o
Tubarão mal das pernas. Hoje, o principal patrocinador é a empresa de
telefonia municipal, a Sercomtel , que tem economia mista. A verba
mensal, que era de R$ 30 mil por mês, passou a R$ 40 mil depois da
classificação do time para a segunda fase da Série “D”. Foi o próprio
prefeito Barbosa Neto, com apoio do Presidente da companhia, quem
definiu o aumento.

As opiniões dos eleitores brasileiros sobre investir dinheiro público
nos times que representam as cidades são bem diferentes. Ouvido por
nossa reportagem durante o Congresso de Ciências da Comunicação (
Intercom), realizado em Curitiba (PR), de 04 a 07/09, o jornalista
Evandro Medeiros disse ser favorável ao investimento, considerando que
esta seja “uma questão de valorização do esporte. Além disso, é uma
oportunidade marketing para a prefeitura”.

Já o turismólogo, Guilherme Lourenço, acredita que primeiro é preciso
avaliar as questões mais importantes para a cidade e saber se está
havendo investimentos da prefeitura no esporte de base: “caso tudo
esteja certinho, vale a pena”, complementa. A jornalista Danúbia
Andrade é completamente contrária : “De forma alguma. Quem deve
financiar são as empresas privadas”.

Pelo sim e pelo não, o fato é que o Tubarão anda, literalmente,
caindo pelas tabelas. É o time com pior campanha na disputa da série
“D”, e os jogadores e o técnico continuam com os salários atrasados.

Twitter:  Prefeito de Londrina, Barbosa Neto, escreveu a um seguidor no Twitter que não investirá dinheiro público no time da cidade, o LEC, na
disputa da série “D” do Brasileiro.

Read Full Post »

« Newer Posts