Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘liberdade’

Por Fernanda Cavassana

Toc, toc.

– Quem bate?

– É a loucura!

– Ah, sai pra lá! Não quero você. Nem aqui dentro, nem perto.

Esqueci, decidi esquecer. Menti. Lembrei, sempre lembro. Gosto, dou risada e vou lembrar. Expulsar, o que decidi é expulsar. Quero distância, quero respirar. Ausência, calmaria. Paz. Alegria, risadas leves, contaminantes, sentidas, exaladas.  O foco muda e as memórias antigas, concorrentes, ganham força e de novo, vida. Os sentidos são deslocados, independentes, decidem sabiamente o que é melhor. Visão, olfato, tato, paladar, audição. E no meio de tanta agitação,  de cinco histórias em alta, eis que o sexto se exalta, me toca, incomoda. Uma música e, em uns minutos, todos os últimos meses de volta. Todo o resto se diminui, os sentidos se fundem. Depois da meia noite, três minutos e vinte segundos de recaída. E só. Depois, deixo ela só aqui. Só aqui, guardadinha. O tempo suficiente para não trazer insegurança alguma.

Toc, toc.

– Loucura, insistente, de novo?

– Não, sou eu, a liberdade.

– Ah, por favor, entre e fique. Mas de você, vou cobrar o pedágio no valor de um abraço. Porque de pira,  a gente se enche diariamente, e o que eu to precisando mesmo é ser livre.

Read Full Post »

Não havia motivos para a prisão preventiva. É a correção de uma grande ilegalidade cometida.”

 

(Everton Menengola – advogado de Rodrigo Gouvêa, após acatarem o pedido de habeas corpus pela liberdade do vereador)

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

Comemora-se hoje (15/09) o Dia Internacional da Democracia. A data é bastante comemorada pela equipe do Londripost,  pois, fazemos parte desta importante e indispensável característica do mundo moderno.

Longe de ter algum componente desta equipe que foi preso por denunciar a ditadura, nossa contribuição à democracia é informar com responsabilidade e opinar sem prestar contas a um patrão. Somos o que chamam de “mídia independente”. Apesar de sermos alunos que “estão apenas começando”, temos opiniões diferentes, que são respeitadas e publicadas.

Não puxamos o saco de um político que nos ajuda e nem temos que falar mal de um concorrente de um dos nossos anunciantes. Criticamos, elogiamos, recomendamos… mas somente o que achamos que é certo!

Não temos uma linha editorial fixa. Ou melhor, nossa linha editorial é apenas a ética de checar a informação, respeitar a fonte e se esforçar o máximo para fazer nosso trabalho. Assim, sem querer nos comparar com os patriotas que lutaram pelo processo democrático como ele é concebido nos livros didáticos, sabemos que exercemos um papel importante na democracia atual.

E saiba que não é somente quem escreve aqui que participa da democracia, mas também quem lê e, principalmente, quem remete sua opinião, seja concordando e, mais ainda, discordando.

E é por tudo isso que agradecemos a todos que exercem o direito democrático conquistado sob muita luta, seja votando conscientemente ou simplesmente comentando neste blog!

Read Full Post »