Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘livros’

Por Fernanda Cavassana

Todos sabem que hoje o Google é a ferramenta de busca mais utilizada do mundo. Os livros e as antigas enciclopédias deram lugar à facilidade e comodidade do site. Mas, até onde o online consegue substituir e compensar o ambiente e a estrutura de uma biblioteca real?


O recomendamos de hoje é para quem gosta de história e se interessa por raridades que ajudaram construir o conhecimento que hoje temos sobre o nosso passado. Para quem não conhece, um site que lhe possibilita buscar por obras importantes espalhadas por todo o mundo: Biblioteca Mundial Virtual.

Inaugurada em abril do ano passado, a Biblioteca Mundial Virtual é uma iniciativa da UNESCO que disponibiliza raridades como manuscritos, livros, imagens e documentos sonoros do mundo todo por meio da Internet.

Lá você pode encontrar o Mapa de Santo Agostinho (1589), que descreve o ataque de Sir Francis Drake a Santo Agostinho em 28 e 29 de maio de 1586 nos Estados Unidos da América. Imagem de Jean Fouquet, o maior pintor francês do século XV. Ou fotos antigas do Brasil, como uma fotografia do Rio de Janeiro da Coleção Thereza Christina Maria. Além da organização da ONU, instituições de vários países colaboraram para que o projeto desse certo. O site funciona em sete idiomas: árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, português e russo.

Apesar de inaugurada há mais de um ano, poucos conhecem o endereço e o acervo da Biblioteca Mundial Virtual, bem como a importância de ter um fácil acesso a tudo que podemos encontrar lá.

Um sonho para qualquer colecionador ou amante da história. Acesse: http://www.wdl.org/pt/

Read Full Post »

por Leonardo Caruso

O Festival Literário de LondrinaLondrix – está com inscrições abertas para os interessados em participar da edição 2010 do evento com algum tipo de atividade. Quem tiver propostas de palestras, oficinas, workshops, leituras, lançamentos de livros, contações de histórias, performances, atividades lúdicas, exposições e outras atividades literárias pode enviar para a organização do evento até o dia 30 de junho pelo site do Festival. O Londrix será realizado nos dias 21 a 26 de setembro e discutirá os rumos da literatura feita no Brasil hoje em toda sua diversidade de experiências. A organização é de Christine Vianna e Marcos Losnak, com patrocínio do PROMIC (Programa Municipal de Incentivo à Cultura).

Do Portal Londrix.

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

Fonte: Agência UEL

A Livraria EDUEL realiza a tradicional promoção de volta às aulas entre os dias 1 a 12 de março. Centenas de títulos de editoras universitárias e comerciais terão descontos entre 20% a 50%.

Nosso conselho? Deixe de ver o BBB e compre um bom livro!

Serviço:

A Livraria atende de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 19 horas e fica próxima à Biblioteca Central no Campus Universitário.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3371-4691 ou pelo e-mail livraria-uel@uel.br.

Read Full Post »

Por Fernanda Cavassana

Descansar, viajar, aproveitar a companhia da família e de amigos de outras cidades. Tempo livre para o lazer, ver filmes, ler livros, para tudo isso: férias! Se durante o ano os trabalhos e outros compromissos me consomem horários extras, nas férias sempre reservo algumas horas diárias para a leitura. Para esses meses, já havia selecionado uma lista – bem variada – de livros para mim. Três já foram e serão eles que eu irei recomendar a vocês hoje.

– Como se tornar o pior aluno da escola, Danilo Gentili


Foi um presente de uma amiga querida no natal, que ‘devorei’ assim que ganhei! Livro de sátira e humor, escrito pelo conhecido repórter do CQC. Dá dicas de como um aluno deve agir durante sua vida escolar para “obter sucesso” em ser o pior da sala e ser feliz, só porque faz o que quer. O livro é altamente ilustrado, os textos são curtos, mas engraçados. As constatações do autor sobre algumas aulas e atitudes de estudantes e professores viram piadas. O livro também dá aulas de respostas mal-educadas para pais e professores e ensina mentiras para determinadas situações. Há ainda o “o grande livro dos pequenos planos” – uma parte do livro que se assemelha muito aos planos infalíveis do Cebolinha na turma da Mônica e do gato Tom para pegar o Jerry, contendo planos maldosos para serem aplicados na escola. Segundo o próprio livro, ele é um “manual completo, ilustrado, revisado e não recomendado para estudantes”.

– Memórias de uma gueixa, Arthur Golden


Há algum tempo queria ler este, nessas férias deu certo. Livro publicado em 1997, já passou por várias edições e se transformou em filme pela Columbia Pictures. Com a história de Nitta Sayuri, é possível conhecer a tradição japonesa de uma forma inigualável. Com fatos históricos, passando da grande depressão, relatando a Segunda Guerra Mundial e chegando até os anos 60, o livro permite que acompanhemos a vida das famosas casas de chá e gueixas do Japão e as mudanças que as ações do país trouxeram como conseqüência desses fatos. Além da rica cultura japonesa, o romance trata sobre a sexualidade e surpreende, enquanto uma obra escrita por um homem, por descrever os fielmente os sentimentos femininos.

– O primeiro mandamento, Brad Thor


Já postei aqui meu apreço por histórias terroristas e da política norte americana para combater essas ações. É verdade que a história se assemelha a do agente Jack Bauer do seriado 24, e foi o que me levou a comprar este livro. Scot Harvath é o agente contraterrorista que tem familiares e pessoas que estima mortas. Ao descobrir que os Estados Unidos quebraram o primeiro mandamento da lei contra o terrorismo, sai em busca do assassino contra as regras que deveria seguir. Nessa caçada, ele é acusado de traição pelo seu próprio governo, é procurado pela CIA e o presidente exige que ele seja capturado vivo ou morto. O livro está na lista dos mais vendidos do The New York Times.

Serviço

Esses livros podem ser encontrados em livrarias de todo país e também são vendidos pela internet. O site submarino tem os três com preços em promoção. Boa leitura nessas férias!

Read Full Post »

A leitura do dia é um romance baseado na invasão bárbara dos reinos nórdicos?
Ou então um livro contando o casamento de uma das famílias mais influentes de São Paulo e do Brasil?
Ah, prefere poemas e contos? Quadrinhos? Livros Didáticos?
Ou você não está lendo nada no momento?

Qualquer que seja sua resposta, o Recomendamos de hoje tem uma dica muito boa!
Descobri esses dias uma “rede de relacionamentos” – tipo orkut – destinada a compartilhar um dos bens mais preciosos que temos: os livros!

Exemplo de "estante" no Skoob.

O Skoob tem uma interface muito prática e é extremamente fácil de usar. Você cria sua conta, edita um ‘perfil’, e sai procurando livros e amigos. Você pode marcar um livro como lido, como lendo, vai ler ou abandonou e, além disso, você pode marcar livros favoritos, se você os possue, se deseja comprar ou emprestar. Dessa maneira, obter aquela obra que está difícil de encontrar fica mais fácil. Tudo isso muito simples e interessante!

Se você adora livros, ou então deseja despertar o leitor em você, acesse!
É a maneira mais fácil de organizar a sua ‘estante’ e obter informações de leitura, já que cada usuário pode incluir comentários e opiniões, além daquelas informações já adicionadas pelo próprio Skoob.

Uma última informação muito útil: É totalmente gratuito!

Os interessados podem criar uma conta diretamente no site: www.skoob.com.br

Read Full Post »

por Fernanda Cavassana

Nesta semana, a equipe do Londripost recomenda a você uma atividade interessante: que tal dispor um pouco do seu tempo para uma experiência cultural?

Hoje começa a quinta edição do Londrix, o Festival Literário de Londrina.

Londrix 2009

O festival que reúne pessoas para discutir o mundo literário e suas características, terá como destaque palestras, debates, oficinas, shows e a feira de livros.  Nesta edição, há ainda a homenagem ao poeta curitibano Paulo Leminski, que foi um amante da literatura. Para tanto, o autor de sua biografia, Toninho Vaz, fará a palestra “Introdução à Poética de Paulo Leminski”, às 20h, no dia 25 (veja aqui a programação completa do Festival).

O evento, que cria expectativas naqueles que já participaram em outras edições, já surpreendeu muitos este ano. No último sábado, houve o “Abandono de Livros” em Londrina já como parte da programação do festival. A ação que presenteou os londrinenses que acharam livros “abandonados” pela cidade, teve a finalidade de incentivar a leitura e lembrar a cidade da proximidade do Londrix 2009.

Além da oportunidade de conhecer grandes nomes e pesquisadores da literatura, o festival é uma boa chance de desenvolver e aprimorar o gosto das pessoas pelas artes e pela prática da leitura.

O Londrix 2009 vai até domingo, dia 27, e ocorre principalmente na Vila Cultural Cemitério de Automóveis, com os cursos a serem realizados na UEL e na biblioteca pública.

Serviços

Os ingressos para os shows (R$5,00 e R$10,00) podem ser adquiridos na Vila Cultural Cemitério de Automóveis  na Rua João Pessoa,  no 103, antes das apresentações.

As inscrições para as oficinas podem ser feitas no mesmo local, ou ainda pelo telefone (43) 3344-5998 e pelo e-mail festivalliterariodelondrina@bol.com.br.

Read Full Post »

 por Lígia Zampar

  

A Rainha do Crime

A Rainha do Crime

Dez negrinhos vão jantar enquanto não chove;
Um deles se engasgou e então ficaram nove.
Nove negrinhos sem dormir: não é biscoito!
Um deles cai no sono, e então ficaram oito.
Oito negrinhos vão a Devon de charrete;
Um não quis mais voltar, e então ficaram sete.
Sete negrinhos vão rachar lenha, mas eis
Que um deles se corta, e então ficaram seis.
Seis negrinhos de uma colméia fazem brinco;
A um pica uma abelha, e então ficaram cinco.
Cinco negrinhos no foro, a tomar os ares;
Um ali foi julgado, e então ficaram dois pares.
Quatro negrinhos no mar; a um tragou de vez.
O arenque defumado, e então ficaram três.
Três negrinhos passeando no Zoo. E depois?
O urso abraçou um, e então ficaram dois.
Dois negrinhos brincando ao sol, sem medo algum;
Um deles se queimou, e então ficou só um.
Um negrinho aqui está a sós, apenas um;
Ele então se enforcou, e não ficou nenhum.

Dez pessoas são convidadas pela mesma pessoa a passar um fim de semana em uma ilha praticamente deserta. Nenhuma dessas pessoas sabe quem as convidou. No quarto de cada um tem um poema que é uma antiga canção infantil, contando a história de dez negrinhos.
Na primeira noite, durante o jantar, uma voz ecoa na casa acusando cada pessoa de ter cometido um crime diferente. Na mesa tem dez estátuas , mas um deles some quando um dos convidados morre misteriosamente.
As mortes vão ocorrendo de acordo com o poema e os negrinhos também vão sumindo. Ninguém na casa confia no próximo. Cada um faz sua própria comida com medo de um possível envenenamento e passam as horas espreitando uns aos outros.
Contar como termina essa história seria uma lástima pra você, meu caro leitor. (mais…)

Read Full Post »