Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘meio ambiente’

por Leonardo Caruso

Sustentabilidade começa com atitudes simples, realizadas diariamente por cada um de nós. Ações como separar o lixo, dar preferência a transportes coletivos e sempre que possível oferecer carona, economizar energia e reduzir o desperdício de água (varrendo calçada ao invés de lavar e tomar banhos rápidos) podem fazer a diferença.

E um grupo de empresários, patrocinados por grandes empresas, mobilizaram o que inicialmente foi chamado de Woodstock Brasil: um mega festival de música. Não algo tão suntuoso quanto o famoso Rock in Rio, mas algo com ideal, uma causa. A política norteadora deste festival é a sustentabilidade. E seguindo o conceito de que sustentabilidade é responsabilidade de cada indivíduo criaram o SWU – Starts With You (Começa Com Você).

A lógica é simples: desde a organização, os temas, as promoções, as decorações e as atividades realizadas pela organização têm ligação com atitudes que preservem o planeta e estimulem uma convivência mais humana entre as pessoas e menos “mecanizada”.

O site (www.swu.com.br) tem um visual e uma arte inspirada em reciclagem e no monstro da sujeira e poluição. Além de informações sobre os shows, o local e concursos culturais que valem prêmios muito legais, o portal traz conteúdo sobre a tal sustentabilidade, como Planos de Ações de Sustentabilidade, “Parceiros” que se engajam no assunto e posts de pessoas que fazem do assunto um modo de vida.

Ações Sustentáveis e Atitudes Cidadãs. Este é o recomendamos dessa terça. Sustentabilidade e diversão no SWU. Pra você que se interessou, ainda dá tempo de curtir bandas como Rage Against The Machine, Los Hermanos, Mutantes, Linkin Park, Kings of Leon, Cavalera Conspiracy, Avanged Sevenfold, DJ Tiësto e muuuito mais. O local, a Arena Maeda, vai contar com uma pequena central de energia solar que alimentará parte do evento, uma rede de tratamento de água, além de uma central de triagem de lixo, além de outras atividades no local e barracas de patrocinadores.

O festival ocorrerá nos dias 9,10 e 11 de outubro, na fazenda Maeda, em Itu-SP. Os ingressos custam a partir de R$105,00 a meia entrada para um dia. Existem um camping no local, para quem desejar acampar no local, e estacionamento para quem for de carro/van/ônibus.

A programação completa pode ser vista aqui.
O mapa da arena aqui.
Comprar o ingresso aqui.

Encontro com vocês lá!

Read Full Post »

por Fernanda Cavassana

Tem sim! Às 20:30, hoje, em todo o mundo!

Cada país seguindo seu fuso horário e muitas cidades aderindo à campanha da Ong WWF contra o aquecimento global. Aqui no Brasil, segundo o site do Globo Amazônia, 72 cidades vão aderir a campanha e terão suas lâmpadas desligadas por um período de uma hora. No Rio de Janeiro, até o Cristo Redentor ficará no escuro.

Nas cidades que já passaram pelo horário dedicado a campanha, pessoas tiram foto da escuridão e publicam no Flickr destinado a reunir esses registros.

No Twitter, a campanha é mostrada pelas tags #horadoplaneta e #earthhour

No site destinado à Hora do Planeta (Earth Hour) você pode conferir mais informações.

Se quiser aderir, assim como muitos em todo o mundo fizeram hoje, fique no escuro por 60 minutos e ‘colabore’ contra a emissão de gás carbônico. Abaixo, o vídeo oficial da campanha.

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

Na última sexta-feira, os cinemas brasileiros começaram a exibir o filme Jogos Mortais 6. A crítica, eu, meus pais, meu cachorro e meu papagaio sabemos que a série parece não ter fim e é apenas “mais do mesmo” filme de terror que começou bem e foi ficando repetitivo e com ares da série Malhação da Rede Globo. 

Bom, a história da possibilidade de radiação da UEL está quase assim também. Hoje, o vice-reitor da Universidade, professor César Caggiano, comentou o caso na Rádio UEL FM e afirmou que o material que ele utilizava em suas pesquisas não era uma Bomba de Cobalto, mas sim um densitometro bucal. Segundo ele, este aparelho tem um grau radioativo extremamente menor do que o aparelho citado.

Ainda de acordo com o vice-reitor, o que aconteceu foi que, devido à reformas, ele manteve por menos de seis meses um densitometro bucal na sala da vice-reitoria, mas totalmente “blindado e sinalizado”. Na opinião dele, a preocupação é pertinente, mas, a denúncia é algo feito de “má fé” e com “intenções políticas”.

Antes da entrevista, foram veiculadas plavras da promotora que recebeu a denúnica da irregularidade, Solange Vicentin, afirmando que, na época, foi feito uma vistoria e nada foi constatado. Assim, nada poderia ser feito.

Ao ouvir a entrevista, o ex-procurador jurídico da Universidade, Ruy Carneiro, resolveu falar também. Em entrevista que será veiculada amanhã na Rádio, a partir das 11h, Carneiro explicará sua versão e também apresentará documentos importantes.

Aguarde os próximos capítulos! (Enquanto aguarda veja o que já foi publicado Aqui, Aqui e Aqui!)

Read Full Post »