Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘ministério’

Quero deixar aqui minha total indignação com o que está acontecendo no site do Sisu. É uma vergonha termos que passar quase 10 horas na frente do computador tentando conseguir fazer uma inscrição! Falta de preparo e falta de respeito com os estudantes, que já sofreram demais por conta dos último acontecimento envolvendo o Enem.

Anne Caroline Lunardi de Souza, estudante indignada com a dificuldade de acessar o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) no site do Ministério da Educação

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

Ontem, o blog Paçoca com Cebola novamente informou novidades sobre o possível material radioativo armazenado no Campus da UEL.

De acordo com o autor do blog, haveria uma bomba de cobalto nas dependências da vice-reitoria. A informação teria sido confirmada por uma autoridade em um evento realizado ontem.

A história também ganha corpo com a Coluna do jornalista Oswaldo Militão, na Folha de Londrina do último dia 6. Segundo Militão, o professor Ruy Carneiro pediu demissão do cargo de procurado jurídico da UEL e, de quebra, fez uma denúncia ao Ministério Público Estadual  sobre a “manutenção de um agente radioativo” em ambiente impróprio.

 

O que é uma bomba de cobalto?

A bomba de cobalto é formada por cobalto (jura????) e utilizada no tratamento de tumores. Por seu potencial radiotativo deve ser cuidadosamente armazenada. Segundo arquivo da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CENEN), a bomba de cobalto, apesar de ter este nome, não explode. Por isso, o certo mesmo seria chamar o aparelho de Fonte de Cobalto.

Crédito: http://pe.kalipedia.com

Para se ter uma idéia do grau de toxicidade do Cobalto, segundo o confiável (?) pai do conhecimento moderno, a Wikipédia,  uma possibilidade da origiem do nome do elemento é vem do alemão kobalt ou kobold , que significa espírito maligno ou demônio das minas.

No aparelho que supostamente existiria na UEL, a forma utilizada é o Co-60, que é radioativo e cuja a exposição pode causar câncer.

 

Read Full Post »