Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘morte’

por Lígia Zampar

Bruno a leva para o Rio de Janeiro no mês de maio. Isso já é planejamento de execução…Já estava tudo previamente planejado a partir de maio. Sabiam que teria o intervalo da Copa, começa a execução do crime.”

Delegado Edson Moreira afirmou, nesta sexta-feira (30), que a morte de Eliza Samudio foi premeditada pelo goleiro Bruno de Souza.

Anúncios

Read Full Post »

Por Fernanda Cavassana

FRIO. Muito frio, chuva e serração! Temperatura de 1°C e sensação térmica abaixo de zero. Umidade Relativa do ar em 99%. Oito dias assim e um susto ontem quando o Sol saiu. Aqui, no Mato Grosso do Sul, o frio da última semana foi, literalmente de matar.

Segundo os jornais do estado, já passou de 2,7 mil o número de “cabeças de gados” que morreram no estado por causa do frio. Falam de danos, prejuízos, da tristeza dos fazendeiros que investiram e perderam. Eu só penso que eram vivos, poxa. Animais que sofreram de frio até a morte (vacas respiram como os seus cachorros, oras!). Pior ainda são as notícias das pessoas que também passaram por isso.

Quatro andarilhos também faleceram por hipotermia. Um desses casos, foi a morte de um garoto que vivia nas ruas aqui de Ponta Porã. Em Miranda, município da região do Pantanal, a morte de João Paulista mexeu com muitos moradores da cidade. Seu corpo foi encontrado na porta da Secretaria de Promoção Social da cidade, onde, aparentemente, ele tentou chegar para conseguir abrigo. João tinha mais de 70 anos e era um andarilho conhecido por muitos.

Aqui no país vizinho, já foram 12 falecimentos. Imaginei a dor, o sofrimento de quem sofreu até não agüentar mais. É triste. Mas a espera agora é por dias mais quentes aqui no MS!

Hoje a máxima já atingiu 24°C. Ontem deu até para comer fora de casa – nunca tomei tanta sopa. À noite (uns 20°C), saí com meus pais para comer um lanche. Próximo de onde estávamos, vimos dois meninos paraguaios, que pareciam morar na rua. Estavam agasalhados, mas pareciam famintos. Meu pai aumentou o pedido e mandou fazer mais um lanche para cada.  Na hora de oferecê-los aos dois, a surpresa: “Ô tio, não queremos lanche não. Ao invés disso, manda a grana aí”. Cheiro de álcool e a decepção no rosto de quem quis ajudar.
Eles se desfizeram da comida e foram embora xingando. Fiquei imaginando se eles não seriam os próximos ‘Joãos’ da região. Espero, intensamente, que não.

Read Full Post »

por Lígia Zampar

Você já pensou um dia que vai morrer? Se não, pode começar. Essa é a única certeza que temos desde que nascemos.

 Têm pessoas que já pensaram em como gostariam de morrer, como queriam que fosse o seu velório, quais flores usar, já avisaram qual maquiagem fica melhor quando se está mais pálida e com olheiras, se quer ser cremado, enfim… Têm pessoas que pensam na sua morte. E mais ainda, pensam nos seus amigos quando morrerem. Imagine se aquele melhor-amigo-da-infância não for avisado a tempo do seu falecimento e não comparecer ao seu enterro? Ou aquele primo que você nunca vê, mas adoooora um velório pra colocar fofocas da família em dia?

Para resolver esse problema foi criado o site Eu morri. Nele, você pode criar uma conta, deixar os seus contatos/e-mails e preparar sua mensagem “de despedida”, que assim que você passar dessa para uma melhor, todos da sua lista receberão a notícia.

O funcionamento do site é bem simples, para ter acesso ao sistema, basta clicar em criar conta, preencher os dados, e aguardar o recebimento de um e-mail liberando o seu acesso, bem como as instruções para pagamento. Você receberá ainda por e-mail, um “certificado” , que conterá explicações para nos avisar da sua morte. Tal certificado deverá ser deixado com duas pessoas de confiança.

Essas pessoas de confiança serão as responsáveis por avisar o site da sua morte.

Para criar uma conta no site é necessário pagar um plano. Neste mês, com um plano promocional, 1 ano de assinatura + 40 amigos/e-mails + mensagem sai por R$ 9,90 ao ano.

Simples. E prático, não?

Read Full Post »

por Lígia Zampar

Às vezes, as pessoas não dão valor a um sintoma. Infelizmente, foi o que aconteceu com esse senhor. Ele morreu porque não procurou assistência médica em nenhum momento. Deve ter se tratado com chás e automedicação. Só que uma simples aspirina pode complicar porque o ácido acetilsalicílico (AAS) complica o quadro e causa hemorragia”

Secretário Agajan Der Bedrossian, após a confirmação da morte de um senhor de 60 anos, vítima de dengue hemorrágica.

Londrina já tem 44 casos de dengue clássica confirmados neste ano e outros 700 suspeitos.

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

Recentemente, noticiamos com muita indignação que Ezequiel Toledo de Lim,a um dos condenados pelo assassinato do garoto João Hélio, havia sido libertado e estava morando com a família na Suíça por meio de um Programa de Proteção à Criança e Adolescente.

Porém, hoje (23), o desembargador Francisco José de Asevedo deferiu a liminar e determinou a imediata expedição do mandado de busca e apreensão do jovem. Segundo o desembargador, a decisão anteriormente tomada não ouviu o Ministério Público do Rio.

Na próxima quarta-feira (24), haverá uma audiência para definir se Ezequiel será incluído definitivamente ou não no Programa de Proteção à Criança e ao Adolescente Ameaçado de Morte.

É aguardar para ver.

Fonte: G1

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

Há coisas que você só verá no Brasil. E mesmo assim, é difícil acreditar.

Ezequiel Toledo de Lima, um dos condenados pela morte do garoto João Hélio foi solto e está morando na Suíça com sua família. O acusado foi solto dia 10 de fevreiro e ingressou no Programa de Proteção à Criança e Adolescente, destinado aos que estão ameaçados de morte.

Ezequiel e sua família teriam sido ameaçados de morte e, através da organização não-governamental Projeto Legal, conseguiu embarcar para a Suíça, com garantia de casa e identidade novas para recomeçar sua vida.

O menino João Hélio foi arrastado por cerca de sete quilômetros, no dia 7 de fevereiro de 2007, depois de ter ficado preso pelo cinto de segurança do carro da mãe, após um assalto na Rua João Vicente, perto da Praça do Patriarca, em Oswaldo Cruz. Os bandidos abandonaram o carro na Rua Caiari, com o menino já morto.

Fonte: G1 e Jornal do Brasil

No dia 8 de fevereiro, uma decisão do juiz Marcius da Costa Ferreira, da Vara de Infância e Juventude, afirma, no entanto, que seria “necessário mais tempo para que (ele) se convença das vantagens da mudança de vida, do voluntário afastamento do grupo a que está integrado”.

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

do portal G1

E eu que nem sabia que o Seo Madruga tinha morrido! Brincadeiras à parte, um luto para o grande diretor do grupo Nós do Morro, José Frederico Pinheiro.

Read Full Post »

Older Posts »