Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘ocupado’

por Fernanda Cavassana


Não adianta, não mudo.

Posso ter todo o tempo do mundo, mas o que tenho que fazer é feito nos últimos momentos. E não me considero irresponsável, talvez aí esteja o problema: eu sempre consigo fazer.

Depois que entrego um trabalho (feito, lógico, nas últimas horas antes do horário de entrega), fica sim o peso na consciência de que ele poderia ter ficado melhor, que um capricho em certa parte era merecido; mas, de verdade, não adianta.

Hoje é o penúltimo dia do ano. 2009 correu, voou para mim. Segundo ano de faculdade e longe de casa. Uma Fer mais madura, com mais obrigações e, nem por isso, mais responsável. Apenas mais uma da minha sala que sobreviveu à sobrecarga do segundo ano de jornalismo e que até aprendeu a gostar de diagramação.

Em duas horas, pego estrada. A viagem está planejada há meses, família reunida para passar o réveillon e alguns dias de verão na praia. E quem disse que minhas malas estão prontas? Faltam coisas aqui, ali. Aparecem coisas, na verdade. E nessa correria de última hora, tiro um tempo para a internet. Para mim, é essencial dar uma boa olhada no Orkut e uma conferida no Twitter antes de viajar, afinal, do Paraguai ao litoral paulista tem chão. Chão longe da rede.

Aproveito para escrever a quarta crônica dessa semana, a última do ano. Certamente baterá um sopro de arrependimento por não ter tratado de outro assunto; por não ter dado um tempo decente, depois de um bom descanso, ao texto. Mas, creio que o sopro não será forte o suficiente, é sempre assim. Foi assim esse ano. Poucas foram as horas de sono, muitos os trabalhos. Mas muitas também as festas e atividades que me agradam. Tudo foi cumprido, até com bons resultados, merecidos.

A semana acaba já em 2010, eu ainda estou de férias, e compromissos para o ano que chega já lotam meus horários dos dias que virão. As obrigações velhas continuam, além das já conhecidas, algumas novas somarão a elas. Até a diagramação ainda estará presente!

E o que eu desejo para o ano que vem? Que eu continue fazendo tudo o que gosto da maneira como gosto. Só que sabendo dosar melhor meu tempo (inclusive meus horários de sono), assim como continuar consciente dos meus limites e responsabilidades.

Enfim, que em 2010 o tempo tenha licença para voar, desde que saiba não passar despercebido por nós. Que ele seja aproveitado, que seja utilizado para tudo o que nos fará bem. Não tem outra lógica, é saber administrar os minutos às coisas que nos fazem felizes.

Uma hora dedicada ao post, ainda resta um tempinho para terminar as malas. Dormir? Na estrada, fácil. Feliz Ano Novo!

Read Full Post »