Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘pessoas’

por Vitor Oshiro

Clique na imagem para ver no tamanho original

Read Full Post »

por Lígia Zampar

botecoliterario.wordpress.com

Espírito natalino no ar.

 Nas aulas de inglês, de espanhol, nos comerciais da TV, na decoração do shopping e na nova árvore da natal de casa, parece que o Natal começa amanhã. Esse ano voou. Tudo foi tão depressa, que parece que perdi tanta coisa. Deixei passar tantos momentos que poderia ter aproveitado mais. Rido mais. Chorado menos. E quando me dei conta é Natal. Depois, o ano acaba.

Todo ano esperava ansiosa pela véspera natalina. Reunir toda a família, trocar presentes e enfim, descobrir quem era meu amigo secreto. Melhor do que a véspera, só a preparação para este dia. A família já não se assustava quando o papelzinho que pegava era o nome do Serginho Malandro ou da Dona Florinda. Isso que dava deixar os netos preparem o amigo secreto. Agora cada um tem uma vida. Cada família tem ou quer passar em um lugar e se esquece de como era aquela noite. Mas novas noites virão. Diferentes, mas virão. Apesar de tudo isso, acredito que sou aquela menininha que espera pelo Natal de todos os anos.

Ainda não me acostumei com a idéia de ter que dormir no Carnaval e acordar no Natal. Não quero sequer pensar que a minha vida e rotina do próximo ano será diferente. Assim como perder o Natal aconteceu naturalmente, perder pessoas que realmente marcaram nossas vidas também será. Todas elas completam um ciclo. Elas fizeram parte do começo do meu novo ciclo há três anos e espero fazer parte do fim desse ciclo para elas.

Sei que ainda é cedo, mas só pra tentar achar meu espírito natalino perdido em algum lugar aqui dentro, desejo às minhas pessoas queridas o melhor que vida pode dar pra vocês. Sucesso!

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

Uma e pouco da tarde. Enquanto estou aqui neste humilde blog, milhares de pessoas estão suando as mentes para tentar passar no Vestibular da UEL. Algo legal para os comerciantes, o setor hoteleiro, jovens que paqueram pessoas de cidades de fora, entre outros setores que se dão bem com o grande número de gente circulando na cidade.

Mas, para os jornalistas, o vestibular é, com o perdão da palavra, um verdadeiro saco! No mesmo estilo de páscoa, natal, e outras datas manjadas, a cobertura do vestibular é feita de pautas padronizadas. É aquele aluno que estudou o ano todo e está nervoso, é aquela conversinha com a psicóloga explicando como agir antes e durante a prova, é um nutricionista falando da alimentaçao adequada, é o drama daqueles que não ajustaram os relógios e deram de cara com os portões fechados. Tudo na mesma!

Ninguém faz matéria sobre o cara que teve uma forte diarréia durante a prova e ficou com vergonha da fiscal que o acompanhou no banheiro… ou do cara que recebeu um “presente” de pomba no ombro e passou a prova inteira com aquela pasta fedendo (por incrível que pareça isto aconteceu com um amigo meu)… ou da badalação – que rende a visita certa da polícia – dos barzinhos que rondam a universidade. Ou do cara que exagerou na badalação e ao tentar lembrar da fórmula do delta gorfou sobre o possível bilhete de ingresso no seu curso.

Vamos pensar em pautas diferentes, caros jornalistas! E vamos deixar os jornalistas executarem as pautas diferentes, veículos de comunicação!

Read Full Post »