Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘postagem’

por Vitor Oshiro

Tudo começou com Adão e Eva no Paraíso uma ideia da minha professora de Jornalismo Online – Cynthia Corrêa – para o desenvolvimento do meu Trabalho de Conclusão de Curso, o temido TCC.  Focado na facilidade de publicação que os blogs oferecem, a proposta seria idealizar um projeto para o curso de Jornalismo da UEL.

Pensamos em tudo. Seções fixas para não deixar o blog desatualizado, regras para manter um padrão nos comentários, ouvimos a opinião dos alunos de Jornalismo, analisamos outros blogs, etc. Porém, parecia que faltava alguma coisa.

Mais do que um projeto, o que realmente queríamos era colocar “no ar” um piloto (apesar do curso não exigir mais um piloto para o TCC). Queríamos que as ideias saíssem do papel. Queríamos que elas funcionassem. E assim fizemos: criamos o Londripost.

Hoje, já formado e desempregado, aliás, se você tiver um emprego para um jornalista, entre em contato comigo, despeço-me do blog com muito orgulho e, aos moldes do programa da Xuxa, quero mandar um salve pros manos da Xurupita fazer alguns agradecimentos mais do que especiais.

Na elaboração do projeto, houve um acréscimo enorme de conhecimento e paciência da professora Cynthia, já citada. Entre todos os afazeres, séries americanas e namoro, a estudante Ráisa Guerra separou um tempinho para pensar no layout do blog. Ao pessoal que, em meio às férias forçadas pela nova – que já está ficando velha – gripe, participou de um grupo que traçou as diretrizes do blog. E fora a equipe – Lígia Zampar, Fernanda Souza, Fernanda Cavassana e Leonardo Caruso –, que aceitou de imediato a entrar no blog sem receber nada em troca. Ou melhor, recebiam meus e-mails com broncas, cobranças e reclamações. 

Apesar de, com certeza, ter realizado um esforço próprio inimaginável, o blog não se manteve apenas pelo meu empenho. Aliás, acredito que fui apenas aquele que ajuda a empurrar o carro e espera que ele não quebre mais para frente. Assim, é justamente por isso que não vejo o blog como algo meu. A proposta nunca foi essa. E é por isso que me desligo hoje dele e deixo ao cargo dos autores de direito: os estudantes.

Por fim, espero que, nesses nove meses de funcionamento (qualquer analogia com a gestação de um filho seria totalmente pertinente aqui), o Londripost possa ter informado o público e auxiliado a todos os autores como me informou e me ajudou. Apesar de não duvidar do potencial e do empenho da equipe que fica, espero de coração que o projeto tenha o futuro que imaginei a ele quando era apenas um rascunho de TCC na tela do meu computador.

Assim, neste último post, só tenho a agradecer e dizer que vou guardar com muito carinho algo que marcou uma importante fase da minha vida.

Obrigado, Londripost… e boa sorte!

Read Full Post »