Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘shopping’

Na manhã dessa segunda-feira (08) foi anunciada a venda dos Catuaí Shopping de Londrina e de Maringá para a administradora de shopping BRMalls, cuja sede está situada no Rio de Janeiro. A BRMalls agora é proprietária de 70% do capital que antes pertencia à Alvear Participações. O investimento foi da ordem de R$791,7 milhões.

Junto com a aquisição dos dois shoppings, a BRMalls ainda adquiriu o projeto do Shopping Londrina Norte, cuja inauguração está prevista para outubro de 2012, e 97% do terreno para construção do Catuaí Cascavel, que deve ser inaugurado em novembro de 2013. Além das novas aquisições, a BRMalls ainda administra três shopping de Curitiba e muitos outros pelo Brasil, totalizando 43 empreendimentos.

Anúncios

Read Full Post »

por Leonardo Caruso

Em linhas gerais, para ocupar o menor espaço possível, para não tornar o contéudo do texto tão meloso quanto a sua verdadeira essência: o dia dos namorados!
E o que causaria tanta indignação neste dia tão conhecido por ser o dia — ô dia insistente —  em que as pessoas que tem alguém para compartilhar risinhos contidos e piadas bobas se declaram uma às outras (entre casais, ok?!) ?
O ponto que quero chegar é: como alguém, na face da terra, de marte de plutão ou em outra galáxia, vai gastar 300 reais num shopping (isso mesmo, TREZENTOS reais) para ganhar um par de convites para o show da Mallu Magalhães.
TREZENTOS!!!  MALLU MAGALHÃES!!!
Eu gosto do dia dos namorados. É um dia que você pode ser “brega” e que muitas pessoas vão ser/estar “bregas” também. Mô, Momô, Chu (meu preferido), Chuchu, Amor, Lindo, Bem e até mesmo Tesouro, são interjeições da moda. Corações, algodão doce e maçã-do-amor são fácilmente encontrados por aí. Eu gosto disso. Gosto poder ver as pessoas sendo carinhosas e apaixonadas.
Mas não entendo como, o porquê, a razão, o motivo, sei lá o que, que leva um shopping acreditar que um par de ingressos para o show da Mallu Magalhães vai fazer alguém gastar 300, repito, trezentos reais em compras para assistir a maior artista folk-mirim-brasileira-de-um-sucesso-só.
O Marcelo Camelo (ex-Los Hermanos e amorzinho, chuchuzinho, benzinho da Mallu) parece que vai vir também (não chequei a informação com a assessoria deles, mas isso é o de menos no momento).
O que causa indignação, é como as pessoas podem — e tentam — lucrar nesse dia até com um par de ingressos pro show da Mallu. Não que eu nunca tenha escutado. Não que eu já tenha escutado todas as músicas dela. Mas é que TREZENTOS reais por um par de ingressos, é um tanto exorbitante.  Talvez essa promoção fosse mais eficaz se o prêmio fosse direcionado aos solteiros: “gaste R$300 em compras e ganhe uma companhia pra dia 12”. Solteiro nesse dia está mais vulnerável, mais carente, gastanto mais. Quem sabe né?
Quem sabe se não fosse um show dos filhos do “Edson e Hudson” né?
Ela é uma artista diferente, mais alternativa e gosto disso, mas como diria uma amiga de turma: Mallu, beijo!

(TREZENTOS REAIS GENTE!!!! Com mais 300 dá pro casal ir pra Buenos Aires!!! TREZENTOS!!!)

R$300 pra vir o original diretamente "dos exterior" já é compreensível

Read Full Post »

Por Fernanda Cavassana

*Antes de ler a crônica que deveria ter sido publicada ontem, pedimos desculpas. O texto foi redigido ontem, mas, por causa de um problema com o provedor, fiquei sem internet, o que impediu a publicação desta ontem.

Costumo desejar mais os feriados de terça e de quinta-feira. Desde que me entendo como gente, na escola, feriado bom é aquele que emenda com mais um dia e já encosta no fim de semana. Nessa minha vida universitária, feriadão já se tornou sinônimo de ir à rodoviária, viagem e alguns dias no colo da mamãe e do papai. Pode até rolar uma viagem diferente, mas acaba sendo em família. Depois que vim morar sozinha em Londrina, amigos, festas e aventuras não tem vez quando é para ficar alguns dias sem aula.

Hoje é feriado de Tiradentes – tá aí um personagem que sempre admirei na história do Brasil – e em plena quarta-feira. Eu poderia reclamar por não ter viajado, visitado meus pais e etc, mas essa folga no meio da semana veio a calhar. Um espaço para respirar, sem aulas e sem estágio.

Poderia ter ido à uma cervejada, ter saído ontem a noite, participado de um churrasco no dia bonito e ensolarado que foi. Mas, não. A quarta de descanso foi tranqüila e um tanto quanto familiar. Uma saída simples com as amigas também universitárias e sozinhas na cidade.

Passar uma tarde toda no shopping é algo totalmente incomum à minha rotina, ainda mais quando é possível encontrar, no mínimo, 354 mil crianças por lá. De bebê de colo, às de mais ou menos dez anos, tinha para todos os gostos.

Pelo jeito, feriado para as crianças – pelo menos as de Londrina – significa passear com os pais. Comer um lanche, tomar um sorvete, ver um filme e talvez até ganhar um brinquedo. Para os pais, é a oportunidade de passar algumas horas com os filhos, longe do dia a dia corrido com o trabalho. Mas precisavam tantos irem ao shopping?

As filas estavam imensas, muita gente, muitos colos ocupados e muito choro. Lugar fechado, horas em pé e todo aquele estresse que a criança adquire com o passar das horas. Confesso que fiquei com inveja. A tarde tava legal com meus amigos, mas a companhia dos meus pais salvaria qualquer feriado.

To meio-desligada, sem saber – como sempre – as palavras certas para a crônica da semana. O que eu sei é que se eu tivesse um daqueles bebês lindos para curtir um dia livre e diferente, procuraria um jardim, um cachorro e uma rede talvez. Agora, ficar horas e horas empurrando o carrinho do filho junto com as sacolas de compras não dá. Respeitando a escolha de cada um de como preencher seu feriado com ou não sua família, um salve aos poucos momentos que ainda permitem uma reunião familiar. Um salve aos feriados!

Read Full Post »

Por Pedro Rosa

E aí, galera?

Mais uma vez reunidos aqui, nessa segunda-feira chuvosa (pessoal da exposição se ferrou, só falo isso) com mais um vídeo clássico do youtube, com mais de 110000 acessos.

Esse vídeo eu dedico a todos que fazem jornalismo, com o intuito de vender Folha de Londrina na rotatória da Higienópolis com JK (falo mermo).

Aqui temos mais um exemplo clássico de o que acontece com algumas pessoas que fazem jornalismo: alcolismo, dentes amarelados e pura beleza interior. E depois me perguntam por que tiraram a importância do diploma de jornalismo (eu sei, piada velha, mas podem deixar que eu lembrarei dela mais vezes) Aposto que foi culpa da Ione (não entendeu, veja o vídeo).

Questionamentos levantados com o vídeo:

1- Que p… de lugar é esse minha gente?

2- O que a levou desabotoar sua blusa?

3- Por quê ela usa meia-calça até o umbigo?

4- Na cidade dela ainda tem dentistas?

5- Que p… ela fala no final?

São questões importantes que devemos pensar nessa noite, no conforto da nossa casa, enquanto tomamos sopa de letrinhas.

Fica aí a dica de contato para um encontro com uma pessoa bacana, com um papo legal, carismática e aceita fazer qualquer coisa: 9974-2421 (telefone já cancelado)

Ione, sou seu fã.

E para o resto, tudo de bom aqui nesse shopping.

*Pedro Rosa é estudante de Relações Públicas na UEL e o novo colunista sobre vídeos clássicos do Youtube no Londripost.

Read Full Post »

por Leonardo Caruso

É, vou ser sincero com vocês… ontem foi terça-feira segunda-feira e eu nem percebi!!!
Passou assim, como se fosse domingo, de mansinho.
Isso significa que tenho uma dívida com os leitores do blog: Recomendamos da Semana!

Vou aproveitar que estamos todos com a temática natalina e, como diria num jargão bem comum, fazer barba, cabelo e bigode!

Pra começar, a ceia!
Existe um restaurante/choperia em Londrina chamado Gelobel. A primeira impressão que tive do nome era de alguma fábrica de gelo, mas não sigam minhas aparências. Hoje com duas “casas”, a Gelobel foi criada em 1991 por Alaerte Francisco Zanoni e começou servindo espetinhos. Contando agora com um cardápio variado e com algumas especialidades como a costela, o contra-filé e a mandioca, a Gelobel é um lugar excelente para quem procura uma comida saborosa, com preço extremamente acessível e ambiente agradável. Além disso, há um “espaço kids” com brinquedos e monitores para as crianças brincarem em segurança.
Serviço:
Gelobel Don Pablo
R. Caracas, 80
(43) 3325-2942
Gelobel Duque
Av. Duque de Caxias, 2070
(43) 3323-8942

http://www.gelobel.com.br/

Para conter o ócio!
As vezes, férias é sinal de falta do que fazer: perdemos aquela oportunidade de viajar ou simplesmente não estamos a fim de fazer nada que precise tirar a bunda da cadeira. Então aqui vão três dicas para diversão em casa!
1. www.tumblr.com – Minha dica favortia, o Tumblr é um microblog, como o twitter, só que ele permite uma infinidade de layouts (aparência), além de ter seu código aberto para que você possa criar o que conseguir. Some-se a isso a possibilidade de postar fotos, vídeos, áudios e texto (sem limites de caracteres). A pedida perfeita para quem queria algo legal pra fazer na internet! (http://lejournaliste.tumblr.com/ – o meu endereço)
2. Pequena Miss Sunshine – O filme é um drama. Uma lição de vida. Nos faz pensar nas pequenas coisas que nos fazem felizes e que unem uma família. É um filme para você assistir rindo. Isso mesmo, rindo! As questões humanas debatidas durante o enredo são tratadas com um grau de comicidade que não te permite ficar depressivo. Ele aponta os “erros” mas te dá ânimo para tentar concertar as coisas. O enredo é de uma família repleta de problemas e que tem que levar a filha para um concurso de pequenas modelos. Vale muito a pena assistir!
3. City and Colour – Em minhas “fuçadas” pela internet acabei descobrindo uma banda chamada City and Colour. De origem canadense, é comandada pelo vocalista Dallas Green , que abusa, num bom sentido, do som acústico e uma pegada, na minha opinião, mais folk. Uma das músicas que mais tenho escutado é The Girl. Mais do que recomendado.

E pra terminar, a barba, bigode e cabelo!
Localizada no Shopping Catuaí, próximo ao Carrefour, a barbearia Uomo é um local excelente para aqueles que gostam de um tratamento de qualidade e um bom papo. Com decoração baseada nas barbearias antigas e repleta de referências às barbearias americanas, música dos anos 60, 70 e 80 e artistas que marcaram época, além de marcas tradicionais como Johnny Walker. Mas a aparência não é tudo. O local conta com um bom atendimento e uma qualidade elevada. Apesar do preço levemente “salgado”, dificilmente você se arrependerá de visitar a Uomo Barbearia para se aprontar para o Natal!
Serviço
Uomo Barbearia
Localizada no Catuaí Shopping
(43) 3326-3838
esteticacatuai@sercomtel.com.br

Com essas dicas, você se arruma pras férias, se alimenta com qualidade e tem o que fazer. Claro que com esse tempinho gostoso que está lá fora, um pulinho na piscina não faz mal a ninguém! Um Feliz Natal e Ótimo Ano Novo a todos vocês! Abraços, Leonardo Caruso

*Como estou perdido no tempo. Me desculpem a falha nas datas! Editado em 22/12/2009 às 10:40

Read Full Post »

por Vitor Oshiro

Bom, hoje é sexta-feira… dia de coisas sérias no blog. Mas, como um bom corinthiano, recebi um e-mail e tive que compartilhar com vocês.

Como todos sabem, no final de outubro, foi inaugurada a loja do Corinthians – Poderoso Timão – no Shopping Catuaí.


O time do São Paulo como tem um Departamento de Marketing invejável e blá blá blá não perdeu tempo e também inaugurou uma loja bem em frente a loja do Corinthians….

Sugestão de Nara Chicréti Bubaloo!!!

PS – Antes de mandarem comentários falando que isto não é jornalístico e totalmente sem graça, já adianto que a loja realmente existe e não é do time do São Paulo (eu espero). Sendo assim, o conteúdo deste Post é totalmente fantasioso!

Read Full Post »