Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Educação’ Category

Por Marcia Boroski

O cursinho pré-vestibular da UEL está com as inscrições abertas até o dia 18 de novembro. Mais informações no podcast abaixo.

http://www.4shared.com/audio/OqQmOCw9/BOLETIM_LONDRIPOST-cursinho.html

Anúncios

Read Full Post »

Por Laura Almeida

“Nós somos analfabetos ambientais”. É com esta impactante frase que Marcelo Frazão, jornalista e membro da ONG Meio Ambiente Equilibrado, começa sua palestra na 3ª Semana de Comunicação da UEL.

Com o tema jornalismo e meio ambiente, Frazão começou sua fala retomando os acontecimentos do último final de semana em Londrina, como um exemplo de como o jornalista não está preparado para cobrir impactos ambientais de tamanha grandeza.

“Estamos acostumados a ouvir sobre aquecimento global, ursinhos polares das geleiras lá nos pólos, mas dessa vez o negócio era aqui!”, comenta Frazão.

Por conta das chuvas houve alagamentos, queda de árvores e muros e inclusive mortes, e a cobertura que se viu destes acontecimentos demonstra a falta de conhecimento do jornalista sobre um contexto maior, onde está inserido.

A palestra seguiu com o jornalista mostrando um mapa de Londrina e explicando que 500 mil habitantes vivem em uma mancha urbana que representa menos de 20% do território, enquanto apenas 10 mil ocupam o restante da área, discutindo então os impactos desta concentração.

Frazão também chamou atenção para dados ambientais que os moradores normalmente desconhecem. “Londrina é o município do Paraná que mais tem Rio Tibagi dentro do território. Ao todo são 84 km. A gente não olha isso”, conta.

O jornalista também enumerou seis mitos sobre o nossos conhecimentos  a respeito do ambiente, entre eles destaca a questão de acreditar que o futuro está na mãos das criança. Para o jornalista as crianças aprendem rapidamente o que lhes é transmitido, o problema estaria em conscientizar os adultos de que muitas atitudes precisam ser mudadas  para garantir um futuro sustentável para o meio ambiente

O segredo, para o jornalista, estaria nas pequenas atitudes de todos, como ele mesmo conta, tomando sua história pessoal como exemplo. “Antes mesmo da minha saúde, a questão ambiental foi um dos motivos que levaram a parar de fumar. Cheguei a essa conclusão após parar pra pensar em todas as bitucas que eu já joguei por ai, inclusive nos bueiros e que podem ter ajudado a causar estragos como os do fim de semana”, explica Frazão.

A Semana de Comunicação da UEL segue até sexta-feira (21) e mais informações podem ser encontradas no site http://cacomuel.blogspot.com/.

Read Full Post »

Vitor Knijnik trouxe Marx e outros nesta última quarta-feira para III Semana de Comunicação

Por Thaís Yamanari

E se Shakespeare tivesse um blog e postasse sua célebre: “Ser ou não ser, eis a questão”!? O que será que as pessoas comentariam? Eleia ser trolado, é o que acredita Vitor Knijnik, publicitário, humorista, blogueiro, psicografista. A partir de uma ideia para a revista Carta Capital para uma seção de humor, depois de um ano, Vitor começou a fazer Blogs do Além, isso mesmo, com personalidades falecidas que geralmente são ressentidas, avarentas, deslocadas, mesquinhas, confusas e incomodadas com a Era Digital.

Knijnik seleciona e pesquisa o máximo sobre alguma personalidade falecida e toda a semana, sai um blog novo. O que era pra se transformar em uma página da revista, transformou-se em livro e o autor e todos seus pseudônimos famosos ganharam reconhecimento. Ano passado o Blogs do Além foi premiado no The Bobs – The Best of Blogs na categoria de blog humorístico. O The Bobs é o maior concurso mundial de podcasts, weblogs e videoblogs, considerado pelos blogueiros o Oscar da Internet.

No livro tem o conteúdo de 99 blogs, mas hoje já são 170 e semana que vem, tem mais um no ar. O prefácio do livro contém um depoimento verdadeiro do jornalista Mino Carta, fundador das revistas Veja, Quatro Rodas e Carta Capital. Também há um psicografado de Chico Xavier, uma orelha de Van Gogh e os autógrafos d Knijnik também são de celebridades como Shakespeare, Freud, Marx, entre outros.

A proposta dos blogs é misturar atualidades, pensamentos e ideologias do falecido, sempre com piadas, ironias, pensamentos e muito bom humor. O conteúdo é tão bem escrito e baseado no personagem, que Knijik foi confundido com Agatha Christie, mas se sentiu mal ao ver a felicidade da leitora/fã ao trocar comentários com a escritora.

Vale o clique.

Separamos três dos 170 blogs do Além com alguns grifos, para acessar o resto do material, visite o site oficial www.blog

sdoalem.com.br/pt/

Clique nas imagens para ampliar. O grifo amarelo é nosso.

Read Full Post »

A jornalista Ana Paula Nascimento deu palestra sobre jornalismo cultural aos estudantes de comunicação

Por Letícia Nascimento

Com a temática comunicação e cultura, a jornalista da Folha de Londrina, Ana Paula Nascimento, falou sobre jornalismo cultural, o trabalho na Folha 2 e como funciona o cotidiano de um jornal impresso na 3ª Semana de Comunicação da Universidade Estadual de Londrina, organizada pelo Centro Acadêmico de Comunicação. A Semana começou ontem (17) e vai até a próxima sexta-feira, dia (21).
Para a jornalista, assuntos locais nem sempre são valorizados como deveriam, mas deve-se sempre pensar em reverter a situação, para que artistas e eventos locais sejam priorizados. “Temos que pensar em mostrar isso às pessoas, até porque o interesse por determinada coisa surge a partir do momento em que ela é apresentada”, pondera a jornalista.
Ao ser questionada sobre como funciona, atualmente, as linhas editoriais dos jornais, em constraste, principalmente, com o aumento no número de revistas locais, Nascimento disse que “os jornais ainda vão bater muito a cabeça até se darem conta do que tem que mudar”. Para ela, o acesso às revistas ainda é baixo perante a distribuição de jornais impressos e que ainda não representam riscos aos jornais.
O formato das matérias também entrou em discussão. Nascimento acredita que apesar de, ultimamente, ter-se discutido muito a questão de matérias mais curtas, menos profundas, é necessário que ainda exista senso crítico por parte dos leitores. “Não está escrito em lugar algum que as matérias do jornal impresso têm que seguir padrões”.
A jornalista acredita que a nova geração, que em breve ocupará as redações, têm muitos meios de conseguir acrescentar ao jornalismo. “Hoje em dia existem blogs, em que você pode escrever o que quer, sem seguir editorial algum; se alguém anunciar no seu blog vai ser por acreditar no que você publica”. Ela considera muito válida a proposta da Semana de Comunicação e elogiou a organização dos estudantes nessa edição. “É muito bom participar porque acabamos refletindo sobre a nossa prática cotidiana, sobre o que podemos mudar e acrescentar para que nosso trabalho seja melhor”.


Read Full Post »

Na programação da 3ª Semana de Comunicação da UEL, a Prof. Drª Maria Aparecida Ferrari,  da Escola de Comunicação e Artes da USP, proferiu uma palestra na manhã dessa terça feira, na UEL. A apresentação, entitulada “Como sobreviver em contextos vulneráveis”, foi assistida por cerca de 60 estudantes.
A professora destacou a importância para o profissional de Relações Públicas de estar sempre “antenado”, sabendo do que acontece no mundo. Além disso, a importância do profissional de Relações Públicas em atuar não só em momentos de crise. Entre os pontos apontados como essenciais para os profissionais de Relações Públicas, Ferrari destacou a percepção da identidade de uma empresa.
A professora afirmou que “a área da comunicação que hoje está em alta, pelo resultado que traz, é a de Relações Públicas”. Segundo ela, cada vez mais espera-se das empresas uma postura responsável correspondente à sua importância no cenário global, e isso é parte do trabalho de um RP, que deve atuar como estrategista, e não apenas criador de instrumentos de comunicação. Para isso, se faz necessário o domínio do conhecimento, e a pesquisa contínua. “Um profissional de RP que não entende de pesquisa terá sérias dificuldades para interpretar o que acontece em uma organização”, afirma.
Outras questões abordadas na palestra foram as ferramentas essenciais para  os profissionais de Relações Públicas, segundo Ferrari, são a análise de cenários – saber em que contexto se insere a empresa – e o gerenciamento de assuntos emergentes, que consiste no trabalho para evitar crises.

Read Full Post »

Letícia Nascimento

Candidatos de outras cidades devem antecipar a reserva de acomodações

Os candidatos à primeira fase do vestibular da Universidade Estadual de Londrina (UEL), que vai ser realizada no dia 30 de novembro, que ainda não definiram a acomodação na cidade devem se apressar.  De acordo com informações do Sindicato dos Hotéis, Bares e Similares de Londrina e Região, 80% dos 6,6 mil leitos disponíveis nos 54 hotéis da cidade já estão reservados para o último final de semana de outubro.

Mesmo com o aumento de 32% no número de inscritos na prova, o sindicato garantiu que não vão faltar aposentos. Dos 25.114 inscritos, 9.211 candidatos moram fora do Paraná e devem movimentar cerca de R$ 2 milhões na cidade durante a fase de provas.

Segundo o presidente do Sindicato dos Hotéis, Bares e Similares de Londrina e Região, Alzir Bocchi, esta semana os hotéis estão abrindo uma reserva de 15% dos leitos para priorizar os vestibulandos. Para aqueles que estão encontrando dificuldades em encontrar uma vaga, Bocchi recomendou que entrem em contato com o Sindicato, que tem pessoas treinadas para auxiliar os estudantes.

De acordo com o presidente do Londrina Convention Bureau, Reinaldo Cassimiro da Costa Junior, os hotéis da cidade ficam 100% mais ocupados na época do vestibular. Uma pesquisa realizada pelo Londrina Convention mostrou que a cidade é uma das que mais disponibilizam leitos no Brasil, porém a média de ocupação é de 58%. Para Costa Junior, a consequência ruim é que isso diminui a taxa de ocupação média por conta do grande número de leitos ofertados.

Serviço:

O Sindicato dos Hotéis, Bares e Similares de Londrina e Região fica na Rua Piauí, 211, sala 23.

Telefone: 3345-0555. hotéis@sercomtel.com.br

Informações: Jornal de Londrina

Read Full Post »

Os trabalhadores do Instituto Politécnico de Londrina, que não haviam ainda recebido o salário do mês de agosto e setembro, além do FGTS que não é depositado há dois anos, fizeram um manifesto na manhã de segunda-feira, quando deflagraram uma greve. Com a paralisação, 360 alunos dos 4 cursos técnicos do Ipolon estão sem aula. Os professores também reivindicam o afastamento do superintendente do conselho, Moisés Betoni, e uma auditoria nas contas da entidade, que segundo o manifesto divulgado por eles, possui dívidas de cerca de 900 mil reais. O presidente do Sindicato dos Professores de Escolas Particulares de Londrina (Sinpro), Eduardo Nagao, afirma que os professores podem voltar a trabalhar mesmo sem o pagamento dos salários atrasados, caso se cumpram duas exigências: o afastamento de Betoni e a auditoria nas contas. Betoni confirma as dificuldades financeiras da entidade, mas disse ter sido pego de surpresa pela greve. Em relação à auditoria das contas, o superintendente julga que seja um ato desnecessário, apontando que não existem irregularidades.

Com informações da CBN Londrina

Read Full Post »

Older Posts »